“Pedidos de habitação social aumentaram”, alerta responsável da MatosinhosHabit no “Conversas com Norte”

Aumento é justificado pela pandemia, pela subida da inflação e pelo número crescente de estrangeiros que se fixam em Matosinhos, revela Manuela Álvares, presidente do conselho de administração da MatosinhosHabit. Ouça a entrevista de Nuno Braga, jornalista do JE, no podcast “Conversas com Norte”.

 

Ouça e acompanhe o podcast “Conversas com Norte” em:

Spotify | Google Podcasts | Apple Podcasts

 

A MatosinhosHabit é o organismo responsável pela gestão do parque habitacional da câmara matosinhense, no qual se inserem 4321 fogos. Surgiu com o objetivo de proporcionar habitação digna aos habitantes locais.

Até 2026, este organismo comprometeu-se a investir 86 milhões de euros, sendo que 57 milhões estão contemplados no Plano de Recuperação e Resiliência. Esta fatia será canalizada para a redução dos pedidos de habitação social cujos números duplicaram nos últimos anos.

Segundo um relatório recente, esse aumento é justificado pela pandemia, pela subida da inflação que se refletiu também no arrendamento privado, e pelo número crescente de estrangeiros que chegam a Portugal e se fixam em Matosinhos, pressionando ainda mais a oferta, revela Manuela Álvares, presidente do conselho de administração da MatosinhosHabit.

Ouça a entrevista de Nuno Braga, jornalista do JE, no podcast “Conversas com Norte”.

Recomendadas

“Fiscalidade sobre o trabalho deve ser revista”, defende presidente da AEP no “Conversas com Norte”

O problema não está no aumento dos salários, anunciado pelo governo, mas sobretudo na penalização e na carga fiscal que recaem sobre os trabalhadores e empresas, destaca Luís Miguel Ribeiro, o presidente da Associação Empresarial de Portugal (AEP). Ouça a entrevista de Nuno Braga, jornalista do JE, no podcast “Conversas com Norte”.

“Inflação é o grande desafio que se coloca ao setor da construção”, destaca CEO do Grupo CVM no “Conversas com Norte”

Severino Ponte, CEO do Grupo CVM, reconhece que a escalada dos preços dos materias de construção, acentuada pela guerra na Ucrânia, pode até colocar em causa a meta definida quanto à faturação que, para este ano, é de 32 milhões de euros. Ouça a entrevista de Nuno Braga, jornalista do JE, no podcast “Conversas com Norte”.

“Há materiais que deixaram de chegar por causa da guerra”, alerta gestor da JJT no “Conversas com Norte”

Miguel Teixeira, administrador da carpintaria JJTeixeira, explica como as sanções impostas à Rússia estão a prejudicar a atividade desta empresa, tendo em conta que o país é o principal produtor de matérias primas nesta área. Ouça a entrevista de Nuno Braga, jornalista do JE, no podcast “Conversas com Norte”.
Comentários