Pedro Braga lidera Sogevinus Fine Wines duas décadas depois de ter ingressado no grupo

Iniciou o percurso profissional na Porto Calém em 2000 e sete anos depois tornou-se COO – Chief Operations Officer do grupo Sogevinus. O “percurso profissional exemplar” é agora reconhecido pelos acionistas com o cargo de CEO.

A Sogevinus Fine Wines tem nova liderança: Pedro Braga é o Chief Executive Officer (CEO) do grupo que detém as marcas Kopke, Velhotes, Cálem, Burmester, Quinta da Boavista, Barros, e Quinta de São Luiz.

Licenciado em Engenharia pela Universidade Católica Portuguesa, conta com várias pós-graduações nas áreas de viticultura, enologia e qualidade, tendo completado um Master Business Administration (MBA) pela Escola de Negócios Caixa Nova Galicia.

Pedro Braga iniciou o percurso profissional em 2000, ingressando na Porto Calém, uma das empresas que deu origem ao grupo Sogevinus, criado nesse mesmo ano. Em 2004, assumiu a Direção de Produção, cargo que exerceu até 2012, data em que acumula as áreas de Compras, Qualidade, Processos, Logística e Gestão de Instalações, enquanto Diretor de Operações do Grupo Sogevinus. O cargo de COO – Chief Operations Officer chegou em 2017, cinco anos depois abraça a liderança.

É com enorme honra que aceito este novo desafio de liderar a Sogevinus, com a missão de garantir o seu crescimento suportado pelas capacidades da nossa equipa, pelo legado da gestão centenária das várias empresas e marcas, assim como pela confiança do acionista. Inerente a este reconhecimento interno, tenho a responsabilidade de dar continuidade ao excelente trabalho realizado por Sérgio Marly, que conduziu o grupo ao melhor momento da sua história, afirma.

 

Recomendadas

Universidade dos EUA atribui grau honoris causa em Proteção Civil e Segurança a professor do Politécnico da Guarda

Pedro Simões, coordenador do CTeSP em Riscos e Proteção Civil do Politécnico da Guarda, foi distinguido pela Grendal University de Miami com o grau honoris causa.

Universidade de Évora atribui Honoris Causa ao arquiteto Carrilho da Graça

 O arquiteto João Luís Carrilho da Graça, de 70 anos, vai receber o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Évora (UÉ), numa cerimónia marcada para a próxima terça-feira, anunciou hoje a academia alentejana.
Pedro Saraiva, Vice-reitor da Universidade NOVA de Lisboa

Produtividade aumentará se as empresas interagirem mais com as universidades, diz vice-reitor da NOVA

Pedro Saraiva diz que muitas empresas até produzem já com um grau razoável de inovação, mas menos de 10% o faz em parceria com universidades. E essa é a grande lacuna, que quando ultrapassada contribuirá significativamente para resolver o problema da produtividade.
Comentários