Pedro Dominguinhos é o novo presidente da comissão de acompanhamento do PRR

A Comissão Nacional de Acompanhamento do PRR era presidida por António Costa Silva, que entretanto tomou posse como ministro da Economia e do Mar no atual Governo.

DR

O professor do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) Pedro Dominguinhos é o novo presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), sucedendo a António Costa Silva após designação do primeiro-ministro, foi divulgado este sábado.

“O primeiro-ministro designou como Presidente da Comissão Nacional de Acompanhamento (CNA) do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), o Prof. Doutor Pedro Miguel de Jesus Calado Dominguinhos, Professor Coordenador da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal”, pode ler-se numa nota enviada hoje à comunicação social pelo gabinete do primeiro-ministro.

A Comissão Nacional de Acompanhamento do PRR era presidida por António Costa Silva, que entretanto tomou posse como ministro da Economia e do Mar no atual Governo.

O novo presidente da comissão de acompanhamento do PRR é também “antigo Presidente do Instituto Politécnico de Setúbal e do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos”, refere-se na nota governamental.

Pedro Dominguinhos “é doutor em Gestão pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (UL), mestre em Economia Internacional e licenciado em Economia”.

No politécnico de Setúbal, é docente na área de Gestão desde 1995, tendo sido presidente da instituição entre abril de 2014 e 2022, bem como presidente do conselho dos politécnicos entre maio de 2018 e abril de 2022, de acordo com a nota.

“Foi membro do Conselho Coordenador do Ensino Superior e do Grupo de Modernização e Valorização do Ensino Politécnico, nomeado pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior”, pode ler-se ainda no texto.

Pedro Dominguinhos é também “autor ou coautor de mais de 40 publicações e de artigos em conferências internacionais na área da internacionalização, ‘born-globals’ e empreendedorismo”.

Recomendadas

G7 vai “mobilizar” 600 mil milhões de dólares para programa mundial de Infraestruturas até 2027

Plano de construção de Infraestruturas lançado este domingo pelos líderes do G7 foi impulsionado pelos Estados Unidos e visa contrariar o avanço da China.

Rússia mais perto do primeiro grande default desde a Revolução Bolchevique

Em causa estão 100 milhões de dólares de juros relativos a dois títulos, um em dólares e outro em euros, que a Rússia deveria ter pagado até 27 de maio.

Oceanos. Marcelo avisa jovens para não confiarem nos decisores e lutarem por si

Marcelo Rebelo de Sousa discursava na sessão de encerramento do Fórum da Juventude e Inovação da Conferência dos Oceanos da ONU 2022.
Comentários