Pedro Nuno Santos: “David Neeleman não queria meter nem um cêntimo na TAP”

Perante as críticas, o ministro justificou hoje no Parlamento a decisão de comprar a participação de David Neeleman para o Governo ter o poder de desenhar o plano de reestruturação.

Rafael Marchante/Reuters

O Governo disse hoje que o antigo acionista privado da TAP não queria meter dinheiro na companhia aérea, o que levou o Estado a realizar um empréstimo de 1.200 milhões de euros e a comprar a sua posição.

“Tínhamos um socio que não queria meter nem um cêntimo na companhia aérea. Assumimos que um sócio que não queria meter um único cêntimo não podia ficar responsável pelo desenho do plano de reestruturação”, disse hoje o ministro das Infraestruturas no Parlamento.

“Assumimos que o mais provável que a Comissão Europeia fosse exigir parcialmente ou totalmente a reconversão de divida em capital, o que tornaria o Estado sócio maioritário da TAP, se não em julho em fevereiro do próximo ano. A questão era saber se esperaríamos por fevereiro para sermos donos da TA ou se negociávamos com David Neeleman para ele sair em junho e não ser ele” a desenhar o plano de reestruturação, segundo Pedro Nuno santos.

Sobre as prestações acessórias, o ministro disse que “Humberto Pedrosa abdicou voluntariamente de exigir a prestação acessória, quando David Neeleman não”.

“As prestações acessórias eram de 224 milhões de euros. A diferença é que Humberto Pedrosa abdicou desse direito, David Neeleman não”, afirmou.

Questionado pelo valor que o Estado português pagou a David Neeleman para comprar a sua participação, Pedro Nuno Santos disse que o empresário “não recebeu 55 milhões de euros pela sua quota-parte”.

“Os 55 milhões foram pagos pelos 22,5% da sua participação na TAP, 67,5% de direitos económicos, e a transferência de 55 milhões de euros de prestações acessórias para o Estado e a cessação de qualquer litigância futura”, afirmou.

 

Relacionadas

PSD acusa Pedro Nuno Santos de transformar a TAP “num autêntico filme de terror”

“Estamos a ter uma tempestade perfeita” na TAP, num momento em que, a meio do processo de negociação da restruturação da companhia aérea portuguesa com Bruxelas, o “ministro da tutela é totalmente desautorizado pelo primeiro ministro”, afirmou esta tarde o deputado do PSD, Paulo Neves, numa audição ao ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.
TAP Portugal

TAP disponível para “cooperar” com a euroAtlantic Airways

Companhia aérea privada portuguesa conta com oito Boeing. Presidente da euroAtlantic já tinha garantido a sua disponibilidade. “Uma parceria entre a TAP e a euroAtlantic seria de clara mais valia para ambas as companhias”, disse Eugénio Fernandes ao JE.
TAP Portugal

PSD e CDS-PP entregam requerimentos para que plano de reestruturação da TAP seja enviado ao Parlamento

Os social-democratas e os democratas-cristãos dizem que aos partidos foram apresentadas “oralmente” apenas “algumas linhas” do plano de reestruturação da TAP e que é “fundamental” e “urgente” conhecer o documento final.

TAP. Conselho de administração e comissão executiva vão ter corte salarial de 30%

Os órgãos sociais da TAP contam com um total de 11 membros, incluindo o presidente do conselho de administração, Miguel Frasquilho, e o presidente executivo interino, Ramiro Sequeira.
João Gonçalves Pereira

TAP. CDS ameaça recorrer à comissão de acesso a documentos para Parlamento ter acesso a plano de reestruturação

Pedro Nuno Santos não quer entregar o plano porque faz um “strip tease” da TAP, contendo informação sensível, mas CDS ameaça recorrer à CADA para o Parlamento obter o documento.

TAP. Ministro diz que salário dos tripulantes é entre 2% a 90% mais alto face aos pagos na Air France, British Airways ou Iberia

Pedro Nuno Santos apontou que a TAP tem mais 19,5% de pilotos e 28% de tripulantes face a duas das suas principais concorrentes: Iberia e Air Europa.

Governo diz que TAP deve continuar a ser “líder na ligação da Europa ao Brasil” e manter crescimento para os Estados Unidos

O ministro das Infraestruturas voltou a defender a aposta na Portugália e no reforço da sua frota, cujos aviões são mais pequenos face aos da TAP.
TAP Portugal

TAP. PSD critica Governo por não entregar plano de reestruturação no Parlamento

O deputado Cristóvão Norte criticou hoje Pedro Nuno Santos por não revelar o documento aos deputados da comissão de economia. Em resposta, o ministro disse que o plano contém “matéria da máxima sensibilidade para a TAP e para todos os seus concorrentes”.

Frasquilho: Plano de reestruturação da TAP é a “condição para salvar sete mil postos de trabalho”

Em entrevista à TVI 24, o chairman da companhia aérea espera que a Comissão Europeia conclua a sua avaliação no primeiro trimestre de 2021. O grupo TAP contava com quase 11 mil trabalhadores no final de 2019.
Recomendadas

OPEP retoma reuniões presenciais perante medo de recessão internacional

A OPEP+, o grupo integrado pelos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e aliados, reúne-se quarta-feira pela primeira vez presencialmente desde março de 2020, num momento em que crescem os receios de uma recessão internacional.

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

“Café com o CEO”. Assista à conversa com o Dr. Luís Teles, em direto a partir de Luanda

“Café com o CEO” é uma iniciativa promovida pela empresa angolana E.J.M, fundada por Edivaldo Machado em 2012, que procura dar a conhecer os líderes que estão a dar cartas em Angola e outros países da Lusofonia. Assista à sessão em direto de Luanda, capital angolana.
Comentários