Pedro Nuno Santos: Privatização da TAP esteve sempre em cima da mesa, não é novidade

O ministro recusou adiantar prazos para o início do processo.

Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos | Foto de Cristina Bernardo

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, afirmou hoje que a privatização da TAP esteve sempre “em cima da mesa”, não sendo “nenhuma novidade”, recusando adiantar prazos para o início do processo, porque tal “não é bom”.

“Não é bom sinal definirmos prazos de processos de abertura de capital”, disse Pedro Nuno Santos no final da reunião do Conselho de Ministros, salientando que, apesar de haver “a definição e um objetivo [privatizar], “há ainda um caminho que não foi iniciado”.

Respondendo a uma questão sobre quando poderá arrancar o processo de privatização da companhia aérea, o ministro precisou que, ao contrário do que às vezes ouve, “a privatização da TAP esteve sempre em cima da mesa, não é nenhuma novidade”.

Recomendadas

Grupo SATA integra projeto Cluster Grace Açores

Associados e membros do cluster partilham boas-práticas e desenvolvem sinergias com o objetivo de colocar os temas da Agenda 2030, 2050 e ESG (Environmental, Sustainability and Governance) como prioritários nas agendas das empresas.

Binter e Embrar fecham compra de cinco novas aeronaves por mais de 369 milhões de euros

As duas primeiras unidades estão previstas para chegar às Ilhas Canárias em novembro de 2023.

Manuel Champalimaud compra à Novares a área de injeção de plásticos para a indústria automóvel

A aquisição visa reforçar posição do Grupo Champalimaud no sector dos componentes de plástico decorativo e de interface para a indústria automóvel.
Comentários