Pedro Sánchez em quarentena depois de se ter reunido com Emmanuel Macron

Esta não é a primeira vez que Pedro Sánchez tem de ficar em isolamento profilático após ser detetado um caso no seu universo de contactos.

Pedro Sanchéz, líder do PSOE e primeiro-ministro de Espanha

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez cancelou todos os compromissos públicos para ficar em quarentena nos próximos dias, depois de ter estado em contacto com o presidente francês, Emmanuel Macron, que testou hoje positivo, revelou o governante espanhol no Twitter.

“Na segunda-feira participei, com o presidente de França nas comemorações do 60º aniversário da OCDE. Hoje soube do seu caso positivo e, seguindo os protocolos, suspendo toda a minha atividade e ficarei em quarentena até o dia 24 de dezembro”, escreveu o presidente do governo espanhol na sua conta oficial do Twitter.

O homólogo de Macron já realizou o teste de diagnóstico, para saber se ficou infetado após a reunião e almoço privado com o presidente francês, estando atualmente a aguardar os resultados. O Palácio de Moncloa, residência oficial de Sánchez, já revelou que a quarentena obriga a uma quarentena física até à véspera de Natal, mas que o presidente espanhol irá estar em teletrabalho.

Quando soube do diagnóstico de Emmanuel Macron, Sánchez cancelou a sua presença na inauguração de uma exposição, onde iria estar ao lado do rei Filipe VI.

Esta não é a primeira vez que Pedro Sánchez tem de ficar em isolamento profilático após ser detetado um caso no seu universo de contactos. Em março, durante o primeiro estado de emergência, Begoña Gómez e Sabiniano Gómez, mulher e sogro de Sánchez, bem como a mãe do presidente espanhol, testaram positivo ao vírus.

Apesar destes casos em Moncloa, e de vários dos seus ministros terem sido infetados durante a primeira vaga, Pedro Sánchez realizou vários testes devido à sua agenda e todos tiveram resultado negativo. Na rede social Twitter, Sánchez desejou ainda as melhoras ao seu homólogo francês.

Relacionadas

Presidente francês testa positivo para a Covid-19

Emmanuel Macron esteve ontem reunido com o primeiro-ministro António Costa em Paris.

Presidente do Conselho Europeu em isolamento após ter estado em Paris com Macron

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai ficar em isolamento profilático após ter estado, na passada segunda-feira, com o Presidente francês, Emmanuel Macron, que testou hoje positivo para a covid-19, informou o porta-voz do responsável belga.

António Costa sem sintomas, mas em isolamento profilático depois de contacto com Macron

O primeiro-ministro já cancelou a viagem a África programada para o fim de semana, depois do contacto com o presidente francês, que testou positivo para a Covid-19. António Costa já realizou um teste esta manhã e aguarda agora pelos resultados.

António Costa vai fazer esta manhã teste ao novo coronavírus

O primeiro-ministro esteve ontem reunido com o presidente francês que está infetado com Covid-19, anunciou hoje o Governo francês.
Recomendadas

São Tomé/Eleições: Observadores da CPLP dizem que votação correu “acima das expetativas”

No total, onze partidos e movimentos, incluindo uma coligação, concorrem este domingo aos 55 lugares da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe.

Bancos libaneses reabrem portas na segunda-feira só para serviços específicos

A decisão de reabrir, embora com limitações “a determinar por cada banco”, de acordo com a declaração da Associação Bancária, foi atribuída pela associação à “necessidade de garantir a continuidade dos serviços aos clientes” e de “assegurar os salários dos setores público e privado”.

Polícia usa gás lacrimogéneo para impedir manifestantes de chegar a embaixada do Irão em Paris

No sábado já tinha decorrido um outro protesto em Paris, na Place du Châtelet, que também contou com centenas de participantes.
Comentários