Pedro Siza Vieira será presidente do 32.º Digital Business Congress da APDC

Pedro Siza Vieira sucede a nomes como Paulo Portas, Maria Manuel Leitão Marques, Luís Marques Mendes, Tiago Pitta e Cunha e Leonor Beleza.

A APDC – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações vai realizar, nos próximos dias 9 e 10 de maio, a sua 32.ª edição do Digital Business Congress que terá como tema “The Great Digital Tech Disruptions” e o ex-ministro da economia, Pedro Siza Vieira, será o Presidente do Digital Business Congress que, “pela sua relevância para a economia e para o país, volta a contar com o Alto Patrocínio da Presidência da República”.

Pedro Siza Vieira sucede a nomes como Paulo Portas, Maria Manuel Leitão Marques, Luís Marques Mendes, Tiago Pitta e Cunha e Leonor Beleza.

Este ano, estarão no centro do debate as grandes disrupções tecnológicas que estão a ocorrer e os seus impactos ao nível económico e social. Pretende-se promover um debate com os players que marcam a agenda nacional e internacional, assim como contar com intervenções inspiradoras que permitam identificar caminhos para o nosso futuro comum.

Entre os temas a debater estarão as alterações no sistema financeiro e o avanço das moedas digitais reguladas, a transformação da Administração Pública, as mudanças no mercado de trabalho e as tecnologias digitais.

“A Inteligência artificial, 5G, automação, metaverso, tokenização, computação quântica, cibersegurança e cloud, entre outras, prometem profundas transformações nas pessoas, nos negócios, no setor público e nos governos, muitas das quais são ainda impossíveis de antecipar. Acrescem ainda os múltiplos desafios interligados que o mundo continua a enfrentar, na sequência da guerra na Europa, das movimentações geopolíticas e geoestratégicas e das perspetivas de evolução económica, agora muito mais pessimistas”, refere a APDC.

Recomendadas

RTP “provavelmente” vai ter uma situação “de quase equilíbrio” ou “positiva” em 2022

No ano passado, o presidente do Conselho de Administração da RTP admitia a possibilidade da empresa apresentar prejuízos, dado o aumento dos encargos.

Swiss Post abre centro de IT em Lisboa e vai recrutar 50 trabalhadores até ao final do ano

O IT Campus de Lisboa tem abertura agendada já para o mês de fevereiro, sendo que um dos objetivos da empresa passa por contar com 150 colaboradores nos próximos dois a três anos.

eBay prepara-se para despedir 500 trabalhadores nas próximas 24 horas

O CEO do eBay apontou que a decisão se prende com “a situação macroeconómica no mundo” e com a necessidade de alterações na estrutura da empresa.
Comentários