Perú ou Cabrito? Dicas nas suas compras para a ementa de Natal

Vamos às compras? Não se esqueça, vá com tempo, para puder escolher e comparar, e ao chegar a casa conserve bem o que comprou.

Das ilhas ao Algarve, de Trás-os-Montes à Estremadura, a ementa de Natal, seja na Ceia ou no próprio dia, inclui sempre os famosos perus e cabrito.

Vamos às compras? Não se esqueça, vá com tempo, para puder escolher e comparar, e ao chegar a casa conserve bem o que comprou.

Comecemos pelo perú:

Nas compras avulso: A carne deve ter odor neutro e não apresentar matérias estranhas, sujidade ou sangue. Não escolha a peça que apresente golpes, queimaduras ou penas. A pele deve ter uma coloração homogénea e estar bem aderente à carne.

Ao comprar embalado: prefira o exemplar que tiver data de abate, embalagem ou início de comercialização mais recente.

Em casa, guarde a carne no frigorífico, mas apenas por 24 horas, pois se quiser conservar por mais tempo, terá de colocar no congelador. Quando pretender cozinhar, descongele-o no frigorífico.

Quanto ao cabrito:

Nas compras a avulso: a carne deve ter odor neutro e não apresentar matérias estranhas, sujidade ou sangue.

Ao comprar embalado: escolha a embalagem que tiver data de abate, embalagem ou início de comercialização mais recente. Se notar perdas de líquido, não compre.

Em casa: Caso não seja possível comprá-lo no próprio dia, pode guardá-lo no frigorífico 1 ou 2 dias antes de o preparar. Se vai cozinhar mais tarde, tem de congelar, podendo ficar congelado sem perder qualidade até 3 meses. Tal como no caso do perú, antes de cozinhar, deixe o cabrito descongelar no frigorífico.

Não se esqueça, cozinhe bem a carne. Se sobrar, guarde no frigorífico até 3 dias.

 

 

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin, Youtube e no nosso site DECO!

Recomendadas

Declaração anual de rendas passa a ser entregue apenas por via eletrónica

A declaração anual de rendas, apresentada pelos senhorios que não passam recibos eletrónicos, vai deixar de poder ser entregue em papel, passando a ser entregue apenas por via eletrónica, segundo um despacho agora publicado.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Natal. 87% dos portugueses vão decorar as casas e só 27% querem reduzir na eletricidade

São 54% os portugueses que não pensam gastar dinheiro em novas decorações (19% prevê gastar até 25 euros e 16% prevê gastar entre 25 e 50 euros), de acordo com os dados revelados por um estudo da Klarna.
Comentários