Peso da dívida pública vai cair para 130,9% do PIB em 2021, de 134,8% este ano

O aumento do endividamento este ano, associado às maiores necessidades de financiamento da Administração Pública no contexto da pandemia de Covid-19, quebra assim a tendência de desavalancagem dos últimos anos. O Governo espera que essa trajetória seja retomada em 2021, no entanto.

O peso da dívida pública deverá cair para 130,9% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021, de 134,8% este ano, segundo a proposta do Orçamento do Estado entregue pelo Governo ao Parlamento esta segunda-feira.

A 23 de setembro o Governo anunciara, através de uma estimativa do Instituto Nacional de Estatística, uma projeção da dívida pública nos 133,8% no final deste ano, de 117,2% em 2019.

O aumento do endividamento este ano, associado às maiores necessidades de financiamento da Administração Pública no contexto da pandemia de Covid-19, quebra assim a tendência de desavalancagem dos últimos anos.

“Em 2021 espera-se que o rácio da divida pública retorne à trajetória descendente dos anos anteriores a 2020”, explicou o Governo na proposta do OE.

“O principal contributo será dado pela retoma do crescimento nominal do PIB e, em segundo plano, pela redução dos depósitos das administrações públicas em cerca de 1,7 p.p. do PIB. O saldo primário e os juros deverão contribuir para o aumento da dívida (1,7 p.p. e 2,6 p.p., respetivamente), ainda que esse contributo seja já menor que o estimado para 2020”, adiantou.

O Governo espera um regresso ao crescimento do PIB em 2021, com uma expansão de 5,4%, depois de uma recessão recorde de 8,5% este ano.

[Atualizada às 21h59]

Relacionadas

Minuto a minuto OE 2021: PS diz que travão à transferência para o Novo Banco declara “nulos os contratos e compromissos assumidos com Bruxelas, o BCE e os compradores”

Vai ter hoje lugar no Parlamento a votação final global do Orçamento do Estado para 2021. PS já criticou o PSD por ter aprovado a proposta do Bloco de impedir a transferência de 476 milhões para o Novo Banco.

Peso da dívida pública vai cair para 130,9% do PIB em 2021, de 134,8% este ano

O aumento do endividamento este ano, associado às maiores necessidades de financiamento da Administração Pública no contexto da pandemia de Covid-19, quebra assim a tendência de desavalancagem dos últimos anos. O Governo espera que essa trajetória seja retomada em 2021, no entanto.
joão_leão_tomada_posse_1

OE2021: Défice dispara para 7,3% este ano, antes de cair para 4,3% em 2021

O Governo agravou ligeiramente as previsões para o défice orçamental deste ano face ao anunciado anteriormente. Porém, para o próximo ano, projeta uma queda para 4,3% do PIB no próximo ano.
Recomendadas

PremiumEfeitos base levam Portugal a liderar crescimento europeu

Os 6,7% de 2022 ficam bem acima dos 3,5% da zona euro e até da previsão de 6,5% do Governo, mas refletem um atraso na recuperação da economia nacional. Inflação voltou a recuar abaixo da europeia, mas core ainda preocupa.
gasolina_combustiveis_greve_motoristas

Governo mantém apoios aos combustíveis em fevereiro. Gasolina com maior desconto

Esta decisão significa que, em fevereiro, há um alívio na carga fiscal dos combustíveis. Considerando todas as medidas em vigor, a redução da carga fiscal passará a ser de 35,9 cêntimos por litro de gasóleo e de 34,8 cêntimos por litro de gasolina, refere o gabinete de Fernando Medina.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.
Comentários