Petrolíferas devem apresentar lucros de 200 mil milhões de dólares

Está previsto que as petrolíferas apresentem os resultados do último trimestre e, consequentemente do total do ano, no fim do mês.

As grandes empresas do mercado petrolífero preparam-se para apresentar lucros recorde, apesar da turbulência que foi 2022, revela a “Reuters”. As empresas devem apresentar um lucro combinado de 200 mil milhões de dólares, um valor que em muito deriva do aumento de preços do petróleo e gás depois da invasão da Ucrânia.

A BP, Chevron, Exxon Mobil, Shell e TotalEnergies entregaram dividendos recordes no ano passado e opção de recompra de ações, com a possibilidade de ganhar mais através do mercado de ações.

As petrolíferas vão apresentar os seus resultados do último trimestre de 2022 no fim de janeiro ou início de fevereiro.

Apesar dos bons resultados perspectivados para 2022, estima-se que os lucros do presente ano desçam para 158 mil milhões de dólares devido à descida dos preços da energia e às preocupações em torno da inflação. Ainda assim, estas previsões são superiores aos resultados de 2011.

Recomendadas

BCE desce requisito de capital da CGD e mantém no BCP e Novo Banco

O banco central liderado por Christine Lagarde reduziu o requisito de capital (pilar 2) de 2% para 1,90% no banco estatal, em 2023. No BCP e no Novobanco, manteve-se nos 2,5% e nos 3%, respetivamente.

TAP terá sido lesada em 444 milhões de euros com novos aviões Airbus

David Neeleman terá negociado com a Airbus o cancelamento de um contrato para 12 aviões A350 e a compra de 53 novas aeronaves. Duas operações que podem ter lesado a TAP em 444 milhões de euros.

Glovo enfrenta coimas de mais de 200 milhões de euros sem constituir provisões

A empresa que presta serviços de entrega ao domicílio afirma, segundo o “El Economista”, que não é possível quantificar o impacto total das multas aplicadas.
Comentários