Plataforma PAR. Já pode apoiar no Multibanco

A partir de hoje é possível contribuir para a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) através da opção Ser Solidário, disponível em qualquer Multibanco, anunciou a recém-formada organização em comunicado. A opção Ser Solidário permite que os utilizadores de Caixas Automáticos, realizem, de uma forma simples, direta e imediata, transferências bancárias para 20 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)  envolvidas […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A partir de hoje é possível contribuir para a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) através da opção Ser Solidário, disponível em qualquer Multibanco, anunciou a recém-formada organização em comunicado.

A opção Ser Solidário permite que os utilizadores de Caixas Automáticos, realizem, de uma forma simples, direta e imediata, transferências bancárias para 20 Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)  envolvidas em campanhas nacionais de solidariedade social, entre elas a PAR.

Para contribuir basta selecionar a opção Transferências e Ser Solidário > PAR – Refugiados > indicar a importância pretendida e confirmar a operação.

Desta forma, é facilitada a contribuição dado que os utilizadores não precisam conhecer o NIB da PAR para fazer o seu donativo. Os utilizadores têm ainda a opção de solicitar um comprovativo para efeitos fiscais.

Para tal devem selecionar a opção “Recibo” e introduzir o Número de Identificação Fiscal. No final da operação, o talão comprovativo é válido para efeitos de apresentação no serviço de finanças, estando o cabeçalho preenchido com os dados fiscais da Instituição destinatária do donativo. Estas transferências são totalmente gratuitas para os utilizadores e para a instituição beneficiária.

“Para podermos desenvolver um trabalho equilibrado e adequado às necessidades locais dos países em guerra, através da PAR – Linha da Frente, necessitamos de todas as ajudas e contributos possíveis, por isso agradecemos à SIBS a oportunidade de facilitar a todos os cidadãos a sua contribuição para esta causa”, refere Rui Marques, um dos mentores da PAR e Presidente do IPAV.

Tome nota de algumas questões de um cidadão sobre as formas de ajudar a PAR.

OJE

Recomendadas
Noa_Hottoast_960x600

Noa. Uma app que dá voz ao jornalismo de referência

A Noa transforma artigos de publicações de media em áudios narrados por atores profissionais, fazendo a curadoria de artigos para explorar um determinado tema.

re:Invent2022: Como a “cloud” salvou informação sensível da Ucrânia após a invasão russa

Segundo dia do re:Invent 2022, o palco de networking da Amazon Web Services, que decorre em Las Vegas e que conta com acompanhamento integral e presencial por parte do JE. Saiba que novidades foram apresentadas e como a “cloud” foi decisiva para guardar informação sensível do Governo ucraniano.

Venezuela e Moçambique promovem cooperação “estratégica” na área espacial

O presidente da Agência Bolivariana para as Atividades Espaciais (ABAE) venezuelana, Adolfo Godoy, encontrou-se na terça-feira com a coordenadora da Agência Nacional de Desenvolvimento Geoespacial moçambicana, Odete Semião, de acordo com um comunicado.