Polícias manifestam-se hoje em Lisboa contra arrastar dos problemas que afetam PSP (com áudio)

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP) realiza hoje uma manifestação em Lisboa contra o arrastar dos problemas que afetam a PSP e os polícias e contra a “falta de vontade política do Governo para os resolver”.

O Sindicato Independente dos Agentes de Polícia (SIAP) já anunciou que se vai juntar ao protesto, que vai decorrer a partir das 17h00 entre o Largo de Camões e a Assembleia da República.

Entre os problemas constam os baixos salários, o envelhecimento do corpo policial e a sobrecarga de trabalho, que torna a carreira pouco atrativa, falta de efetivos, incapacidade operacional, saúde e pré-aposentação, segundo a ASPP.

A ASPP apelou à população para que apoie os polícias na manifestação e mostrou-se contra a intenção de qualquer partido instrumentalizar o protesto.

Depois do Chega ter avançado que estaria presente na manifestação, a ASPP afirmou “a sua independência de qualquer partido político” e disse que “não aceita que nenhum partido político tenha a pretensão de instrumentalizar” a manifestação “sob pena de desrespeitar os próprios profissionais da PSP”.

O maior sindicato da Polícia de Segurança Pública justifica a manifestação “porque a PSP mantém e agrava a cada dia que passa, problemas estruturais, que colocam em causa a estabilidade e o funcionamento da própria instituição, atropela os direitos dos profissionais e prejudica as populações”.

A ASPP alega ainda que o Governo “não dá garantias de que pretende alterar o rumo das políticas para a segurança e não pretende dignificar estes profissionais, baseando a sua intervenção em campanhas e anúncios irresponsáveis”.

“Os cidadãos têm de saber que, quando não existir quem lhes responda, a culpa não é dos profissionais da PSP, mas sim dos amadores do Governo”, refere ainda a ASPP.

O Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP já indicou que devido à manifestação vai haver restrições ao trânsito na quinta-feira, tendo começado na quinta-feira as proibições no estacionamento nas ruas de São Bento e Correia Garção e Calçada da Estrela.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Mais de 1,1 mil milhões do PT 2020 mobilizados para a inclusão social e combate à pobreza no Norte do país

A Estratégia Europa 2020 assumida por Portugal visava atingir uma taxa de emprego de 75% e a redução de, pelo menos, 200 mil pessoas em situação de risco de pobreza ou exclusão social, metas que foram alcançadas.

Segundo dia de greve dos pilotos de barra e portos mantém forte adesão em todo o país

De acordo com um responsável do sindicato, “só no porto de Lisboa há uma lista de 25 navios em espera [para entrar ou sair] em resultado do serviço não feito desde ontem [terça-feira, primeiro dia de greve]”.
Comentários