Políticos ganharam mais de 1,2 milhões de euros em 2018 como comentadores

Dois dos comentadores mais bem pagos na televisão são Marques Mendes e Paulo Portas. Na SIC, o antigo presidente do PSD ganha cerca de 7.500 euros brutos por mês, 85 euros por cada minuto. Na TVI, o antigo presidente do CDS ganha 7.200 euros por mês, 118 euros por cada minuto, avança a revista Sábado.

Paulo Portas

Mais de 70 políticos e ex-políticos receberam acima de 1,2 milhões de euros no ano de 2018, como comentadores nas televisões, rádios e jornais, segundo contas feitas pela revista Sábado.

Dois dos comentadores mais bem pagos são Marques Mendes e Paulo Portas. Na SIC, o antigo presidente do PSD ganha cerca de 7.500 euros brutos por mês, 85 euros por cada minuto falado, com 22 minutos todos os domingos. Na TVI, o antigo presidente do CDS ganha 7.200 euros por mês, 118 euros por cada minuto, 15,30 minutos em média todos os domingos.

Só a Quadratura do Círculo na SIC Notícias, que foi cancelada em janeiro, custava por ano 400 mil euros, com cada um dos participantes a custar mais de 7.500 euros por mês: José Pacheco Pereira, Jorge Coelho e               António Lobo Xavier. Na TVI, para onde transitou este programa, o valor não é muito inferior, avança a Sábado.

A lista de políticos comentadores continua: Francisco Louçã, ex-coordenador do Bloco de Esquerda, ganha 2.500 euros por mês como comentador da SIC. Paulo Rangel, eurodeputado do PSD, ganha entre mil a 5 mil euros por mês com a Renascença e a TVI.

António Leitão Amaro, deputado do PSD; recebe 1.500 euros por mês pelos comentários na SIC Notícias, e Marco António Costa (PSD) recebe 1.500 euros por mês para comentar também na SIC Notícias.

O autarca de Lisboa Fernando Medina declarou 40.680 euros em 2017 só de rendimentos nos comentários na comunicação social, que têm lugar na TVI e uma coluna (já extinta) no Correio da Manhã. Por sua vez, Ana Catarina Mendes, número dois da direção do PS, chegou a receber 400 euros por programa na TVI.

Outros políticos não revelaram quanto recebem pelos seus comentários, como Assunção Cristas (CDS), João Ferreira (PCP) Adolfo Mesquita Nunes (CDS) e Manuela Ferreira Leite (PCP).

Já Mariana Mortágua entrega ao Bloco de Esquerda os 1.500 euros mensais que ganha na SIC Notícias, depois de liquidar o IVA. Marisa Matias, também do Bloco, declarou que não é remunerada pela sua participação nos programas da TVI.

O Presidente da República que foi comentador televisivo durante muitos anos, chegou a receber 10 mil euros por mês na TVI, segundo o Correio da Manhã.

Recomendadas

Dois terços dos municípios aplicam derrama de IRC sendo 127 com taxa máxima

Dois terços dos municípios portugueses vão cobrar derrama de IRC às empresas instaladas nos seus concelhos, havendo 127 que aplicarão o valor máximo de 1,5%, segundo a tabela de taxas agora divulgada pelo fisco.

Governo aprova extinção do fundo de pensões da Caixa

A extinção do fundos de pensões da CGD já está aprovada. Os beneficiários não serão, contudo, prejudicados, já que as responsabilidades passam para a CGA.

Reformas antecipadas de pessoas com deficiência vão ter condições mais favoráveis

O Governo aprovou esta tarde as regras do regime mais favorável de antecipação da idade da reforma para as pessoas com deficiência. Nestes casos, não são aplicados cortes.
Comentários