Popularidade de Hillary Clinton cai para o nível da de Donald Trump

Uma sondagem da Gallup mostra que a aprovação da líder democrata atingiu o ponto mais baixo dos últimos 25 anos, ficando ao lado do magnata nova-iorquino.

Carlos Barria/Reuters

A popularidade da democrata Hillary Clinton, que disputou com Donald Trump a corrida às presidenciais norte-americanas, têm vindo a cair drasticamente nos últimos meses. Uma sondagem da Gallup mostra que a aprovação da líder democrata atingiu o ponto mais baixo dos últimos 25 anos, ficando ao lado do magnata nova-iorquino.

Apenas 36% dos norte-americanos avaliam favoravelmente o desempenho político de Hillary Clinton nos últimos meses, segundo a sondagem. Os dados da Gallup mostram que a popularidade da democrata caiu cinco pontos desde junho, tendo superado a sua pior avaliação de 38% registada no início das eleições gerais no ano passado e em 1992, quando ainda não gozava de grande popularidade entre o grande público.

O estudo mostra que 61% dos entrevistados classificam desfavoravelmente a performance de Hillary Clinton. Em comparação com Donald Trump, que levou a melhor na corrida à liderança dos Estados Unidos, a percentagem de aprovação está ‘taco a taco’. Uma sondagem da CNN, divulgada esta terça-feira, mostra que apenas 35% dos norte-americanos aprovam o comportamento de Donald Trump. Esta é também a pior avaliação do republicano de sempre.

Recomendadas

Consórcio confirma existência de petróleo em São Tomé e Príncipe

O consórcio é composto pela Galp STP (operador) com 45% de interesses participativos, Shell STP com 45%, e a ANP–STP, em representação do Estado são-tomense, com 10% de interesses participativos.

Bósnia-Herzegovina: eleições ensombradas por milhares de votos inválidos

Quatro dias após as eleições, ainda não há resultados validados e o risco do não reconhecimento do ato eleitoral ou da sua repetição é grande. Entretanto, na República Srpska, Mirolad Dodic jura fidelidade a Moscovo.

Lado turco de Chipre exige reconhecimento às forças de paz da ONU

A República Turca do Chipre do Norte, país que só a Turquia reconhece, quer que a força de paz da ONU, que está no terreno desde 1964, reconheça a existência do país. Ou então que se retire.
Comentários