PremiumPorto de Sines apontado como ‘ponto crítico’ para o sucesso da ‘Rota da Seda’

O Instituto Schiller atualizou o seu estudo de 2014 sobre o impacto do projeto chinês da ‘Nova Rota da Seda’ e considera que o porto alentejano é uma elo fudamental para o êxito desta iniciativa global.

O porto de Sines é considerado pelos grandes especialistas mundiais do setor como um elo fundamental no projeto de ligação comercial global lançado em 2013 pelo atual presidente da República Popular da China, em particular pela sua posição geoestratégica especial e privilegiada de ligação aos continentes de África e às Américas, do Norte e do Sul.

A mais recente versão do estudo ‘A Nova Rota da Seda torna-se a ponte terrestre mundial: um futuro compartilhado para a Humanidade”, que atualiza uma primeira versão de 2014, da autoria do Instituto Schiller (Alemanha) considera, assim, que o porto de Sines, é um dos dois “pontos críticos”,  para o desenvolvimento deste projeto, pela sua vocação mais atlântica, a par do porto espanhol de Algeciras, com um pendor mais mediterrânico.

 

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

EDP compra plataforma de desenvolvimento solar na Alemanha por 250 milhões de euros

A EDP anunciou esta quinta-feira, através de comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que concluiu a compra da plataforma de desenvolvimento solar na Alemanha, ao assegurar 70% da Kronos Solar Projects GmbH. “No seguimento da informação publicada ao mercado a 29 de julho de 2022, a EDP – Energias de Portugal, […]

Governo enaltece sucesso de empresas portuguesas de construção no mercado dos EUA

Em declarações à Lusa no Seminário Anual da Rede de Empreendedores da Construção (CENSE, na sigla em inglês), na cidade norte-americana de Newark, o secretário de Estado da Internacionalização saudou a presença de dezenas de empresas luso-americanas no evento, realçando que muitas viajaram de propósito de Portugal para ali explorarem oportunidades de negócio.

Alemanha reitera apoio a gasoduto nos Pirinéus e diz que França não excluiu projeto (com áudio)

O chanceler alemão destacou que este projeto tem uma perspetiva de longo prazo e que, para além do transporte de gás no imediato, servirá para fornecer outras energias, como hidrogénio, no futuro.
Comentários