Portugal 2020 tem mais 7,3 mil milhões de euros para a economia nacional

À rádio TSF o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, disse que o montante será aplicado na expansão dos metros de Lisboa e do Porto, requalificação da Linha de Cascais, mobilidade no Mondego e outras obras.

O programa de financiamento conhecido como “Portugal 2020″ terá um reforço de mais 7,3 mil milhões de euros de investimento do que estava inicialmente previsto, noticia esta sexta-feira ”TSF”.

O Governo anuncia esta sexta-feira a reprogramação dos fundos comunitários e, segundo os números a que a rádio teve acesso, antecipam-se mais 5 mil milhões para as empresas (com destaque para a inovação e internacionalização), 1,7 mil milhões dos quais para empresas do Interior.

Prevêem-se também mais mil milhões para melhorar as qualificações dos portugueses e 1,3 mil milhões para investimentos em equipamentos e infraestruturas de serviços básicos (peducação, saúde, apoio social ou património cultural, etc.) e mobilidade sustentável.

À mesma emissora, o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, disse que o montante será aplicado na expansão dos metros de Lisboa e do Porto, requalificação da Linha de Cascais, mobilidade no Mondego e outras obras.

 

Relacionadas

Sete comissários europeus de visita a Lisboa nos próximos dias

O congresso do Partido Socialista Europeu chama a Lisboa uma série de comissários, mas também altos dirigentes da família socialista de países europeus.

Comércio garante 36 milhões de postos de trabalho na União Europeia

Dois novos estudos publicados, nesta terça-feira, 27 de Novembro, pela Comissão Europeia revelam a importância crescente das exportações da UE para as oportunidades de emprego dentro e fora da Europa.
Recomendadas

Empresa espanhola de armamento recebeu carta semelhante à que explodiu na embaixada da Ucrânia

Uma empresa espanhola de armamento recebeu um envelope similar ao que foi enviado para a embaixada da Ucrânia em Madrid e que explodiu.

Atualização do IAS aumenta valor máximo do subsídio de desemprego em 93 euros

O valor máximo do subsídio de desemprego vai subir mais do que o previsto avançando 93 euros, para 1.201,08 euros, refletindo o aumento de 8,4% do Indexante de Apoios Sociais (IAS) em 2023.

Afinal, pensões mais baixas vão subir 4,83% em janeiro

Pensões até 961 euros vão ter aumento de 4,83%, pensões entre 961 euros e 2.883 euros vão subir 4,49% e pensões acima de 2.883 euros vão crescer 3,89%. Correção das atualização vai custar 110 milhões de euros, aos quais se somam os 1.155 milhões de euros já previstos.
Comentários