Portugal é o terceiro favorito a ganhar o Mundial, prevê casa de apostas

Após o triunfo por 6-1 frente à Suíça, resultado que colocou Portugal no caminho de Marrocos nos quartos-de-final do Mundial, a Seleção comandada por Fernando Santos é agora a terceira favorita a ganhar a competição, empatada com a Argentina e a Inglaterra.

A Seleção portuguesa é a terceira favorita a conquistar o Mundial de futebol, de acordo com as probabilidades lançadas esta quarta-feira pela casa de apostas Solverde.pt.

Após o triunfo por 6-1 frente à Suíça, resultado que colocou Portugal no caminho de Marrocos nos quartos-de-final do Mundial, a Seleção comandada por Fernando Santos é agora a terceira favorita a ganhar a competição, empatada com a Argentina e a Inglaterra.

As seleções do Brasil e de França, duas das mais valiosas deste Mundial, são agora as equipas com mais probabilidades de chegar à final da competição e vencer.

Quanto ao próximo jogo de Portugal, os comandados de Fernando Santos são os favoritos a ultrapassar Marrocos, de acordo com a mesma casa de apostas, com uma probabilidade de 61%.

De acordo com os apostadores, ainda em relação ao próximo embate da Seleção, é mais provável um empate ao final dos noventa minutos do que uma vitória de Marrocos.

Apesar do hat trick de Gonçalo Ramos frente à Suíça, as odds colocam Cristiano Ronaldo como o principal favorito a marcar frente a Marrocos. Apesar disso, o camisola sete já não está entre os prováveis dez melhores marcadores do Mundial e a grande novidade é que Gonçalo Ramos é agora o sétimo favorito a ser o melhor marcador da prova.

Recomendadas

Processo que envolve direção do Benfica em segredo de justiça

Os advogados do Benfica referiram hoje que o processo em que a SAD e membros do Conselho de Administração do mandato 2016-2020 foram constituídos arguidos está em “segredo de justiça” e que a divulgação “pode constituir ilícito criminal”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

“Falha” nas regras da UEFA permite ao milionário Chelsea cumprir o ‘fair-play’ financeiro

Os ‘blues já gastaram mais de 600 milhões de euros esta época mas os jogadores contratados estão a assinar contratos de longa duração, de forma a que os valores sejam divididos no tempo. E foi assim que o Chelsea contornou as regras do ‘fair-play’ financeiro.
Comentários