Portugal entrega perto de sete toneladas de apoio alimentar a Cabo Verde

“Esta é uma resposta do Governo português ao pedido formulado pelas autoridades cabo-verdianas”, pode ler-se numa nota enviada esta segunda-feira à comunicação social pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Portugal entregou a Cabo Verde 6,7 toneladas de toneladas de leite em pó, que vão ser distribuídas pelas famílias em situação de maior vulnerabilidade naquele país, de forma a reforçar o abastecimento de produtos alimentares essenciais. O envio é “uma resposta do Governo português ao pedido formulado pelas autoridades cabo-verdianas”, pode ler-se numa nota enviada, esta segunda-feira, à comunicação social pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

De acordo com o mesmo documento, Cabo Verde enfrenta as consequências da crescente insegurança alimentar causada pela seca, pelos efeitos ainda visíveis da pandemia e, mais recentemente, pelo impacto global da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, nomeadamente no que diz respeito à oferta de alimentos e de fertilizantes.

Foram enviados 672 sacos com 10 quilogramas de leite em pó, que equivalem a 90 mil litros de bebida láctea.

Na mesma nota destaca-se que “este apoio da cooperação portuguesa resulta da coordenação de esforços” dos Ministérios dos Negócios Estrangeiros, da Agricultura e da Alimentação (MAA), com o contributo Ministério da Defesa Nacional (MDN) no transporte da mercadoria.

O MNE e o MAA vão continuar a mobilizar recursos financeiros tendo em vista a compra de bens alimentares para fazer face ao “contexto de insegurança alimentar” atualmente vivido em Cabo Verde.

Recomendadas

Bolsa de Cabo Verde lança até 3,2 milhões de euros em ‘obrigações azuis’

A oferta pública de subscrição das obrigações azuis do IIB que vai decorrer de 23 de janeiro a 28 de fevereiro tem como objetivo colocar entre 250 milhões de escudos a 350 milhões de escudos cabo verdianos  (2,3 milhões de euros a 3,2 milhões de euros), com maturidade a cinco anos e taxa de juro de 4%.

Portugal e Cabo Verde assinam acordo para conversão de dívida em fundo climático

O entendimento, que vai fixar as modalidades deste processo, será assinado pelos primeiros-ministros dos dois países, António Costa e Ulisses Correia e Silva, no âmbito da Ocean Race Summit Mindelo, na segunda-feira, durante a etapa na ilha de São Vicente da Ocean Race, a maior regata do mundo, de 20 a 25 de janeiro.

Jovens cabo-verdianos e guineenses querem que políticos sigam exemplo de Amílcar Cabral

Cabral “mostrou-nos que a escola é a primeira coisa da vida. Deu aulas na rua, aos nossos pais e aos nossos avós e sensibilizou o povo guineense e cabo-verdiano para mostrar o valor da liberdade nacional”, disse, lamentando que o seu exemplo não seja hoje seguido.
Comentários