Portugal ganhou população em 2020 com saldo migratório positivo

Em 2020, o envelhecimento demográfico continuou a acentuar-se. O índice de envelhecimento, que compara a população com 65 e mais anos (população idosa) com a população dos 0 aos 14 anos (população jovem), atingiu o valor de 167,0 idosos por cada 100 jovens (163,2 em 2019).

O ligeiro acréscimo populacional em 2020 resultou de um saldo migratório de 41.274 pessoas (44.506 em 2019), que compensou o saldo natural negativo, agravado em 2020 para -38.931 (-25.214 em 2019), revela o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta segunda-feira, dia 14 de junho.

“Estes resultados traduziram-se em taxas de crescimento efetivo, migratório e natural de 0,02%, 0,40% e -0,38%, respetivamente. A população residente em Portugal, em 31 de dezembro de 2020, foi estimada em 10.298,252 pessoas, mais 2.343 pessoas que em 2019”, sublinha o INE.

Em 2020, o envelhecimento demográfico continuou a acentuar-se. O índice de envelhecimento, que compara a população com 65 e mais anos (população idosa) com a população dos 0 aos 14 anos (população jovem), atingiu o valor de 167,0 idosos por cada 100 jovens (163,2 em 2019).

A idade mediana da população residente em Portugal, que corresponde à idade que divide a população em dois grupos de igual dimensão, passou de 45,5 anos em 2019 para 45,8 anos em 2020. Em 2019, ano mais recente para o qual existem dados comparáveis disponibilizados pelo Eurostat, Portugal tinha a terceira idade mediana mais elevada da União Europeia (UE 27: 43,9 anos).

Portugal regista um saldo migratório positivo pelo quarto ano consecutivo. Apesar das limitações impostas para combate à pandemia da doença Covid-19 em 2020, os movimentos migratórios internacionais registaram alguma dinâmica, estimando-se um total de 67.160 imigrantes permanentes (contra 72.725 em 2019) e 25.886 emigrantes permanentes (28.219 em 2019). O saldo migratório (41.274) foi, assim, positivo pelo quarto ano consecutivo.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

Verão terminou, mas é preciso continuar a poupar água. Conheça alguns truques

O Verão terminou e trouxe um Outono mais chuvoso depois de meses de seca severa em praticamente todo o território nacional. Mesmo assim, é preciso continuar a poupar água para evitar danos maiores no futuro. Conheça alguns truques com a Selectra, empresa especializada na gestão de faturas domésticas: Pense duas vezes antes de lavar uma […]

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta sexta-feira

“Rendas de casa aumentaram mais de 40% em cinco anos”; “Portugueses chumbam pacote de ajuda às famílias e acreditam que pensões serão penalizadas”; “Novo aeroporto. Piloto, consultor e dois gestores criaram projeto de Santarém”.
Comentários