Portugal reforça apoio financeiro a África em 1.350 milhões, revela primeiro-ministro

António Costa anunciou hoje, em Bruxelas, o reforço de 1.350 milhões de euros da participação portuguesa no fundo de apoio ao desenvolvimento em África.

Reuters

“Portugal anunciou o reforço significativo da sua dotação para o fundo fiduciário para África, acrescentando 1.350 milhões de euros à dotação inicial de 400 mil euros”, tendo o reforço sido transferido na quinta-feira, disse o primeiro-ministro, em conferência de imprensa no final da reunião do Conselho Europeu.

António Costa salientou ainda que “houve um esforço conjunto de todos para reforçar a capacidade de financiamento dos programas da União Europeia em África”.

O reforço do apoio financeiro a África integra a estratégia europeia de combate ao fluxo migratório, um dos temas que esteve na agenda da cimeira que decorreu quinta-feira e hoje, em Bruxelas.

Recomendadas

Cinco milhões para ações de emergência na serra da Estrela até final do ano

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, disse que o Fundo Ambiental disponibiliza, até ao final do ano, cerca de cinco milhões de euros para ações de emergência.

Costa Silva: Próximos anos não vão ser “cor-de-rosa” para a economia portuguesa

António Costa Silva, ministro da Economia, afirma que “não é com receitas do passado que vamos resolver os problemas”, defendendo que “para resolver os problemas de curto prazo, precisamos de uma visão de longo prazo”.

Dionísio Pestana pede reforma dos impostos como apoio às empresas

O presidente do Grupo Pestana afirma não precisar de ajudas diretas, perante o cenário de incerteza, mas pede ao Governo que avance com uma reforma nos impostos, apontando para a TSU.
Comentários