Portugal regista 2.638 infeções e 84 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

As autoridades sanitárias contabilizaram mais 5.761 pessoas recuperadas nas últimas 24 horas, elevando para 280.038 o número total de pessoas livres do vírus.

Rafael Marchante/Reuters

Portugal conta com um total de 353.576 casos confirmados de Covid-19, mais 2.638 face ao dia anterior, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta terça-feira, 15 de dezembro. O número de vítimas mortais do novo coronavírus no país aumentou para 5.733, registando-se mais 84 vítimas mortais nas últimas 24 horas.

A DGS revela que atualmente existem 184.83 casos registados no Norte (mais 1.348), 37.307 no Centro (mais 436), 114.553 em Lisboa e Vale do Tejo (mais 682), 6.224 no Algarve (mais 42), 1.441 casos na Região Autónoma dos Açores (mais 44), 1.103 na Região Autónoma da Madeira (mais 27) e 8.065 casos no Alentejo (mais 59).

Atualmente existem 3.206 internados (menos 48), dos quais 506 estão em Unidades de Cuidados Intensivos (menos sete) e 280.038 casos recuperados em Portugal, mais 5.761 do que os registados ontem.

Quanto aos óbitos, do total das 5.733 mortes, 2.724 registam-se no Norte (mais 36), 794 no Centro (mais 18), 1.977 em Lisboa e Vale do Tejo (mais 26), 61 no Algarve, 20 nos Açores e 151 no Alentejo (mais três). Registam-se seis mortes por Covid-19 na Madeira, mais uma face ao dia de ontem.

Atualmente existem 158.884 homens e 194.562 mulheres infetados pelo novo coronavírus, sendo que existem 130 pessoas infetadas cujo género é desconhecido. Em termos de óbitos contabilizam-se 2.995 homens e 2.738 mulheres. Encontram-se em vigilância 74.572 pessoas, menos 2.151 do que no dia de ontem. Registam-se ainda 67.805 casos ativos, menos 3.207 do que o verificado ontem.

O grupo etário com o maior número de casos verifica-se entre os 40 e 49 anos, com 25.590 homens e 33.345 mulheres, aos quais se acrescentam 23 pessoas de sexo desconhecido, num total de 58.958 casos. O maior número de óbitos regista-se acima dos 80 anos, com 1.775 homens e 2.097 mulheres, num total de 3.872 mortes.

Recomendadas

GP da China de Fórmula 1 de 2023 cancelado devido à covid-19

Numa nota publicada no sítio oficial na internet do campeonato, a Fórmula 1 anunciou que, “após um diálogo com o promotor [local] e as autoridades”, o GP da China de 2023 “não se realizará devido a dificuldades criadas pela situação da covid-19”.

Proposta do Chega para criar comissão de inquérito à gestão da pandemia será chumbada (com áudio)

Instrumentalização e banalização de comissões parlamentares de inquérito, esbanjamento de recursos, descredibilização de consensos e criação de ‘soundbite’ são as acusações dirigidas por PS, PAN e Livre ao Chega. Desde o início da legislatura, o partido já propôs cinco comissões parlamentares de inquérito, todas rejeitadas. O dia de hoje contribuirá para a tendência.

Pequim admite que Ómicron é menos virulenta e sugere fim de ‘zero covid’

A vice-primeira-ministra chinesa encarregue de supervisionar as políticas de prevenção epidémica reconheceu hoje que o país se encontra numa “situação nova” e que a virulência da covid-19 “está a enfraquecer”, sinalizando o fim da estratégia ‘zero casos’.
Comentários