Portugal tem 27.268 casos confirmados de Covid-19 e 1.114 mortes

DGS confirmou mais nove mortes nas últimas 24 horas. A taxa de letalidade encontra-se nos 4,1%.

Manuel de Almeida/Lusa

Portugal registou, até à meia-noite desta quinta-feira, casos 27.268 confirmados da doença Covid-19, mais 553 do que ontem (ou 2,1%), segundo o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS). O número de vítimas mortais do novo coronavírus no país aumentou para 1.114 o que corresponde a mais nove mortes nas últimas 24 horas. A taxa de letalidade encontra-se nos 4,1%.

O relatório contabiliza, neste momento, 2.984 pessoas que aguardam o resultado laboratorial dos testes e 2.422 recuperadas. No entanto, 127 dos 842 doentes internados encontram-se em unidades de cuidados intensivos. A nível de sintomas, menos de metade (42%) teve tosse, 30% febre, 21% dores musculares, 2o% cefaleia, 26% fraqueza generalizada e apenas 12% sentiu dificuldades em respirar.

Em relação às vítimas mortais, 545 são homens (321 deles com mais de 80 anos de idade) e 569 mulheres (428 delas com mais de 80 anos de idade).

Na conferência de imprensa de ontem, Graça Freitas afirmou que a DGS pondera alargar os testes à Covid-19 além de lares, estabelecimentos prisionais e creches, depois de a Fenprof ter defendido que os alunos e funcionários das escolas deveriam ser testados, tendo em conta que o regresso às aulas presenciais aproxima-se para alguns.

“Há uma política para testar em lares, sobretudo os trabalhadores, estabelecimentos prisionais e creches. Portanto, estão a ser analisadas outras situações que requeiram o mesmo tipo de atenção”, disse a diretora-geral da Saúde aos jornalistas, no âmbito da atualização da informação diária sobre a pandemia em Portugal.

Relacionadas

Infografia | Covid-19: ponto de situação em Portugal a 8 de maio

Veja aqui a evolução do novo coronavírus em Portugal, com os indicadores disponibilizados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Governo garante terem sido já realizados mais de 500 mil testes à Covid-19

Embora a capacidade de testagem tenha aumentado, António Lacerda Sales alertou que “a epidemia ainda não acabou” e que, por isso, o sucesso dependerá “de todos e de cada um”.

“Ainda é um bocadinho cedo” para dizer que aumento de casos se deve ao desconfinamento, diz Graça Freitas

A diretora-geral da Saúde explicou esta sexta-feira que se deve ao surto da doença na Azambuja e aos rastreios populacionais específicos que estão a ser realizados.
Recomendadas

Vacina experimental contra várias estirpes de gripe pode proteger contra pandemias

Uma vacina experimental contra 20 subtipos de gripe conferiu uma ampla proteção contra estirpes letais do vírus, antevendo-se que possa ser usada como medida preventiva de futuras pandemias da doença, indica o estudo hoje divulgado.

Novo hospital do Oeste deverá reduzir em 237 milhões os gastos por ano em sistemas privados

O novo hospital do Oeste deverá aliviar outros hospitais de mais de 600 mil consultas e 14 mil internamentos e poupar aos utentes que recorrem ao privado 237 milhões de euros por ano, conclui um estudo encomendado pelos municípios.

Covid-19: Transmissão do vírus está no limiar de 1,00 e média de casos baixa para 749

O índice de transmissibilidade (Rt) do vírus que provoca a covid-19 está no limiar de 1,00 em Portugal e a média de infeções baixou para os 749 casos diários, anunciou hoje o Instituto Ricardo Jorge (INSA).
Comentários