Indra implementa sistema de portagens com inteligência artificial nos Estados Unidos

A solução de portagem dinâmica também “aprende” através de deep learning, à medida que recolhe mais dados durante a operação.

A Indra viu adjudicado um contrato de 75 milhões de euros pela Express Mobility Partners, concessionária da I-66 nos Estados Unidos, que permite implementar nas portagens um sistema de inteligência artificial capaz de detectar os ocupantes de um veículo e mudar a tarifa mediante o nível do tráfego na autoestrada. Quando a obra terminar, o troço da I-66 vai contar com três vias livres e duas com portagens dinâmicas.

O sistema de portagem free-flow da gama Mova Collect informa os condutores das tarifas praticadas no momento, para que possam optar entre vias gratuitas ou pagas, e permite a passagem de automóveis sem que tenham de reduzir a velocidade.

Graças à inteligência artificial, o sistema da Indra detecta em tempo real – de forma não intrusiva – o veículo que circula na via, assim como todos os ocupantes da viatura, ajudando os operadores a gerir o processo de cobrança.

A solução de portagem dinâmica também “aprende” através de deep learning, à medida que recolhe mais dados durante a operação. É escalável e tem flexibilidade para se adaptar às regras de negócio e de classificação de veículos que sejam necessárias.

PCGuia
Recomendadas

Alemanha reitera apoio a gasoduto nos Pirinéus e diz que França não excluiu projeto

O chanceler alemão destacou que este projeto tem uma perspetiva de longo prazo e que, para além do transporte de gás no imediato, servirá para fornecer outras energias, como hidrogénio, no futuro.

“Nova atitude da TAP perante os gastos terá de abranger também os pilotos”, desafia SPAC

Sindicato dos Pilotos diz que “enquanto uns têm cortes brutais no seus vencimentos” e ainda há “processos de despedimento em curso”, renova-se o parque automóvel dos cargos de direção “com 79 viaturas”.

TAP diz que renovação da frota automóvel permite poupar anualmente 630 mil euros

A TAP diz que a opção de comprar 50 BMWs representa uma poupança superior a 20% do valor mensal da renda e tributação, relativamente a novos contratos de renting e está em linha com o plano de reestruturação.
Comentários