Portuguesa Miio avança para a aquisição da VoltCharge

“O objetivo é, com esta aquisição, arrancar com uma nova área de negócio – a Miio Store, que proporcione aos carregamentos de veículos elétricos em ambiente doméstico a comodidade e simplicidade característica da Miio”, revela a empresa liderada por Daniela Simões.

A empresa portuguesa da área de carregamentos de veículos elétricos Miio comprou a VoltCharge, plataforma nacional de comércio eletrónico (e-commerce) de equipamentos para o carregamento doméstico de veículos elétricos. O valor da aquisição não foi revelado.

Em comunicado é revelado que “a Miio, empresa portuguesa que está a inovar na área da mobilidade elétrica, anuncia a aquisição da VoltCharge, projeto de eCommerce que disponibiliza equipamentos para o carregamento doméstico de veículos elétricos. O objetivo é, com esta aquisição, arrancar com uma nova área de negócio – a Miio Store, que proporcione aos carregamentos de veículos elétricos em ambiente doméstico a comodidade e simplicidade característica da Miio”.

Com esta aquisição, os recursos humanos da VoltCharge são integrados na Miio, “havendo também um reforço na equipa para suportar esta nova área de negócio da empresa”.

A Miio Store estará disponível em todos os países onde a empresa opera, “para ajudar os utilizadores a adquirirem o equipamento adequado às suas necessidades, incluindo todo o processo de instalação”.

A atual loja de eCommerce da VoltCharge manter-se-á 100% operacional até a transição para a Miio Store estar concluída, revela a nota.

“A aquisição da VoltCharge é mais um passo no crescimento da Miio, que pretende levar toda a sua inovação e praticidade para o ambiente doméstico do carregamento de elétricos. Sabemos que, apenas em França, mais de 50% dos condutores de elétricos usa maioritariamente o carregamento doméstico numa base diária, número que em Portugal é ainda mais elevado”, explica Daniela Simões, CEO e co-fundadora da Miio.

“Estamos, portanto, a falar de um conjunto relevante de utilizadores que ainda sofre na escolha, aquisição e instalação destes equipamentos. A Miio pode ajudar a simplificar o processo, tal como fez no carregamento público e é nesse sentido que surge esta nova área de negócio”, adianta

Para 2023, a Miio “continuará focada na inovação e simplificação do carregamento de veículos elétricos no mercado europeu, com foco em Portugal, Espanha e França e a previsão de entrada em novos mercados”.

No próximo ano, a empresa vai também lançar o software para ambiente doméstico, que poderá também ser incorporado na app Miio e “proporcionar ainda mais vantagens aos utilizadores”, diz a empresa.

A comunidade de utilizadores registados na Miio é atualmente superior a 100 mil pessoas. Os produtos e serviços desenvolvidos pela empresa portuguesa têm como principal objetivo “ajudar a tornar a utilização e carregamento de um veículo elétrico cada vez mais cómoda e conveniente para qualquer pessoa, agora também em ambiente doméstico”.

 

 

 

Recomendadas

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.

Região de Coimbra lança Academia Gastronómica para reforçar distinção europeia

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra vai promover, em 2023, um conjunto de iniciativas para reforçar o estatuto de Região Europeia de Gastronomia com que foi distinguida no biénio de 2021-2022.

No segundo dia de greve, TAP operou 82 voos dos 119 voos previstos

“Até ao final do dia, a Companhia prevê efetuar a totalidade dos 119 voos programados para hoje, para 36 destinos, incluindo todos os de serviços mínimos”, lê-se no comunicado enviado às redações. No dia de ontem, foram realizados os 148 voos previstos, sendo 64 de serviços mínimos.
Comentários