Portugueses disputam campeonato das profissões

No Euroskills são avaliadas técnicas praticadas na formação profissional.

Joana Queirós, de 21 anos, estuda Design de Moda no Modatex Porto. Ticiana Valente, de 24 anos, concluiu em agosto a formação em modelação de vestuário no mesmo centro. As duas jovens formandas do MODATEX – Centro de Formação Profissional da Indústria Têxtil, Vestuário, Confecção e Lanifícios – são o rosto da moda portuguesa no Euroskills (Campeonato Europeu das Profissões) que até amanhã decorre em Gotemburgo, Suécia, no qual participam cerca de 500 jovens de 27 países europeus.

As portuguesas integram a prova de Fashion Design and Technology que tem como objetivo testar os conhecimentos e técnicas praticadas na formação profissional da indústria de moda europeia.“Trabalhamos muito bem em equipa. O facto de termos percursos diferentes tem sido importante para podermos trocar ideias”, salienta Joana ao Jornal Económico.

Além de Joana e Ticiana, competem em Gotemburgo mais 20 jovens portugueses, dos quais seis são formandos do IEFP: Flávio Pereira (Águeda), Eduardo Neves (Tomar), Suzana Dias (Guarda), Luís Silva (Aveiro), Bruno Dias (Coimbra) e Vanessa Santos(Tomar); quatro vêm da ENTA (Açores): Luís Vieira, Pedro Medeiros, Rodrigo Farias e Filipe Vasconcelos e cinco do CENFIM: Bruno Baixinho, Pedro Sardinha, José Pereira, Renato Carvalho e Fábio Oliveira. Bruna Garcias da Silva é da Escola de Hotelaria e Turismo do Douro; Admário Ferreira da CEPRA; Nuno Mateus do CENCAL, Daniel Salgueiro da ATEC e Leonardo Domingos da Solisform.

Os jovens que, na Suécia, defendem a formação profissional lusa venceram o Campeonato Nacional das Profissões, realizado no passado mês de maio em Coimbra. Agora todos estão apostados em dar continuidade aos bons resultados obtidos por jovens portugueses em edições anteriores da competição. Para isso, prometem dar o máximo no trabalho de equipa, resistir ao stress, ser organizados nas tarefas e na gestão do tempo – sem a conjugação destes fatores não se vence no Euroskills.

Recomendadas

Investigadores da Nova recebem três milhões para projetos que podem salvar vidas

Dois projetos europeus de investigação fundamental e aplicada coordenados pela Universidade Nova de Lisboa vão receber três milhões de euros de financiamento da União Europeia nos próximos três anos no âmbito do Concurso Europeu Twinning 2020.

Trabalho temporário aumentou 7,5% no terceiro trimestre, mas caiu face a 2019

Olhando para a variação homóloga do índice do trabalho temporário no terceiro trimestre, verifica-se que foram mais 2.653 pessoas colocadas em julho (+8%), mais 1.981 em agosto (+6%) e mais 2.854 em setembro (+8%).

Filipe de Vasconcelos Fernandes recebe Prémio António Barbosa de Melo de Estudos Parlamentares 2022 (com áudio)

Prémio é entregue esta segunda-feira, 5 de dezembro, na Universidade de Coimbra, a Filipe de Vasconcelos Fernandes, professor na Faculdade de Direito de Lisboa e advogado na VdA.
Comentários