Preço do Brent sobe 2,64% após medidas contra petróleo russo

O crude do mar do Norte, de referência na Europa, encerrou na sexta-feira com uma queda de 1,45%, mas hoje recuperou e às 12:00 (hora de Lisboa), negociava a 87,83 dólares, depois de a União Europeia (UE) ter aplicado um embargo a todas as importações de petróleo russo transportadas por navio.

O preço do barril de petróleo Brent para entrega em fevereiro subia hoje 2,64% no mercado de futuros de Londres, perto dos 88 dólares.

O crude do mar do Norte, de referência na Europa, encerrou na sexta-feira com uma queda de 1,45%, mas hoje recuperou e às 12:00 (hora de Lisboa), negociava a 87,83 dólares, depois de a União Europeia (UE) ter aplicado um embargo a todas as importações de petróleo russo transportadas por navio.

Bruxelas também introduziu a proibição de transportar crude russo vendido a terceiros países a um preço superior a 60 dólares por barril, em conformidade com o acordado na semana passada com os países do G7.

Na sexta-feira, a UE, o G7 (as sete economias mais ricas do mundo) e a Austrália concordaram na imposição deste limite máximo, com a Rússia a indicar de imediato que “não aceitará” a medida, que deverá ser aplicada nos próximos dias para limitar os meios financeiros de Moscovo na sequência da invasão militar da Ucrânia.

Recomendadas

Abordagem da Fed para controlar inflação anima Wall Street no fim da sessão

A bolsa de Nova Iorque fechou a sessão desta terça-feira, 31 de janeiro, com um sentimento positivo devido à abordagem da Reserva Federal (Fed) para controlar a inflação um dia antes da decisão política do banco central norte-americano. No início da sessão, o S&P 500 cresceu 1,46%, para 4,076.26 pontos, o tecnológico Nasdaq valorizou 1,67%, […]

Bolsa de Lisboa fecha sessão no ‘verde’ com BCP a liderar ganhos

As principais bolsas europeias terminaram divididas, com o DAX (Alemanha) e o CAC 40 (França) a registarem valorizações de 0,01%, enquanto o FTSE 100 (Reino Unido) perdeu 0,16% e o IBEX 35 (Espanha) depreciou 0,15%.

Wall Street arranca sessão com todos os índices no ‘verde’

A bolsa de Nova Iorque iniciou a sessão com sinais positivos nos três principais índices, apesar da queda das ações da McDonald’s.
Comentários