Preço médio de bens e serviços agrícolas na UE sobe 36% no segundo trimestre

Os preços médios dos bens e serviços agrícolas na União Europeia (UE) tiveram, no segundo trimestre, um aumento homólogo de 36%, com Portugal a apresentar a segunda menor subida (12%), divulga hoje o Eurostat.

De acordo com o serviço estatístico europeu, os maiores aumentos dos preços médios de bens e serviços atualmente consumidos na agricultura (ou seja, insumos não relacionados com o investimento) registaram-se nos fertilizantes e corretores de solos (116%) e na energia e lubrificantes (61%).

No mesmo período, o preço médio dos bens agrícolas como um todo (produção) aumentou 25% para o mesmo cabaz de produtos, com destaque para os cereais (68%), sementes e frutos oleaginosos (59%) e ovos (45%).

Todos os Estados-membros registaram aumentos nos preços médios dos insumos não relacionados com investimento, mas os mais baixos registaram-se na Dinamarca (7%), Portugal e Malta (ambos 12%).

O Eurostat destaca que a invasão da Ucrânia pela Rússia, em 24 de fevereiro, perturbou significativamente os mercados agrícolas globais.

Ambos os países eram, até ao início da guerra, importantes exportadores de grãos, trigo, milho, oleaginosas (principalmente girassol) e fertilizantes.

Todos estes fatores, salienta o Eurostat, contribuíram para a acentuada subida dos preços de produtos e insumos agrícolas.

Recomendadas

António Costa: Ambiente+Simples ajuda investimento nas renováveis

O primeiro-ministro afirmou que a desburocratização e a digitalização da administração pública é fundamental para reduzir custos e facilitar o investimento nas renováveis.

Presidente do Peru detido após ser destituído e acusado de golpe de Estado

Pedro Castillo foi detido e está na sede da polícia de Lima, depois de ter sido destituído pelo Congresso, acusado de tentar executar um golpe de Estado ao anunciar a sua dissolução.

Lagarde e o ‘whatever it takes’ para controlar a inflação. Ouça o podcast “Mercados em Ação”

No “Mercados em Ação”, podcast do JE, vai poder contar com a análise de especialistas em temas como ações e obrigações; investimento e poupança; BCE e FED; resultados e empresas; análises e gráficos.
Comentários