Preço médio do pescado descarregado em setembro de 2019 cresce 4,2%

O preço dos crustáceos (13,05 euros/kg) diminuiu 6,9%, situação para a qual contribuiu o menor preço registado na gamba branca e camarões.

O preço médio do pescado descarregado — variável não resultante das capturas nominais mas sim da valorização das quantidades descarregadas vendidas em lota —, em Setembro de 2019, foi de 1,52 euros/kg, ou seja, um aumento de 4,2% (+14,9% em Agosto).

Divulga o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Novembro de 2019, do Instituto Nacional de Estatística (INE) que o preço médio dos peixes marinhos (1,28 euros/kg) apresentou igualmente um aumento de 9,2%, devido à subida do preço de espécies como o carapau, a cavala, os atuns e também o biqueirão.

Pode continuar a ler o artigo aqui.

Recomendadas

Oceanos. Presidente da República destaca papel pioneiro de Portugal nas renováveis

“No caso de Portugal, fomos pioneiros em muitos campos, como as renováveis. Quando começámos a substituir outras formas de energia alguns disseram éramos tolos, não éramos, agora queremos antecipar as metas internacionais”.

DGRM vai promover venda de 743 quilos de alabote congelado que foi apreendido

Para participar da venda, cujo valor mínimo é de 2.125 euros, pressupõe-se a prévia aceitação das condições estipuladas e envio de proposta até ao dia 13 de maio de 2022.

Marcelo elogia Cavaco e aponta Conferência dos Oceanos como “oportunidade única”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou esta segunda-feira o seu antecessor, Aníbal Cavaco Silva, considerando que deu “projeção cimeira ao mar”, e apontou a Conferência dos Oceanos como uma “oportunidade única” para Portugal.
Comentários