Preços das casas aumentaram 10,9% no primeiro semestre

Este valor representa um crescimento homólogo de 17,6%. Em Lisboa, os preços das casas registam uma subida semestral de 3,6% e homóloga de 10,6%. Já no Porto, as subidas foram de 11,1% e 19,6%, respetivamente.

DR

Os preços das casas em Portugal registaram um aumento de 10,9% no primeiro semestre de 2022, o que representou um crescimento homólogo de 17,6% quando comparado com o mesmo período do ano anterior, de acordo com os dados do Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário divulgados esta quinta-feira, 11 de agosto.

Analisando apenas o mês de junho, os preços da habitação tiveram uma ligeira subida de 1,1% face ao mês anterior, mantendo as variações mensais acima de 1,0%.

Em Lisboa, os preços das casas registam uma subida semestral de 3,6% e homóloga de 10,6%. Já no Porto, as subidas foram de 11,1% e 19,6%, respetivamente.

No período em análise, o preço médio de venda a nível nacional fixou-se nos 2.046 euros\m2, sendo que em Lisboa o valor chegou aos 4.220 euros\m2, enquanto na cidade do Porto atingiu os 2.985 euros\m2.

Recomendadas

Câmara da Lourinhã vai apoiar pagamento de rendas para fins habitacionais

A câmara da Lourinhã vai apoiar as famílias no pagamento de rendas para habitação, tendo a assembleia municipal aprovado na noite de sexta-feira um regulamento nesse sentido.

Preço médio das casas do Canadá vai custar perto de 500 mil euros até ao fim de 2023

Aumento das taxas de juro acima do previsto pelo Banco do Canadá estão a fazer com que os custos com a habitação consumam 60% das finanças das famílias, o valor mais elevado desde 1990.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários