Preços das casas no Reino Unido registaram maior crescimento em seis anos em 2020

Com um aumento de 7,5% em 2020, as habitações no Reino Unido registaram a maior taxa de crescimento em seis anos em 2020, segundo os dados da sociedade construtora britânica divulgados esta quarta-feira, 30 de dezembro, informa a “BBC”. Os preços da habitação fecharam 2020, 5,3% acima do nível de março. A procura por moradias […]

Com um aumento de 7,5% em 2020, as habitações no Reino Unido registaram a maior taxa de crescimento em seis anos em 2020, segundo os dados da sociedade construtora britânica divulgados esta quarta-feira, 30 de dezembro, informa a “BBC”.

Os preços da habitação fecharam 2020, 5,3% acima do nível de março. A procura por moradias foi impulsionada por uma série de medidas políticas e mudanças nas preferências devido à pandemia, com a propriedade média avaliada em 255 mil euros.

“Os esquemas de licenciamento e apoio ao rendimento do trabalho autónomo forneceram um apoio vital para o mercado de trabalho, enquanto uma série de medidas ajudaram a reduzir o custo dos empréstimos e a manter o fluxo de crédito”, refere Robert Gardner, chefe de economia da Nationwide.

Por sua vez, Lucy Pendleton, especialista em imóveis indica que “ainda há muitos compradores a competirem entre si por propriedades maiores e melhores, e as residências independentes continuam a apresentar um desempenho superior.”

George Franks, co-fundador da imobiliária Radstock Property, explica que “embora o aumento dos níveis de desemprego seja uma ameaça óbvia aos valores das propriedades, a procura deve permanecer relativamente forte, pois ainda custa menos comprar do que para alugar”.

Recomendadas

PremiumPortugueses dominam em projeto de luxo em Cascais

Sandwoods conta com 39 villas com preços que atingem os 2,8 milhões de euros. Projeto deverá estar concluído em 2024, mas sector da construção civil enfrenta falta de mão-de-obra e demora no fornecimento de material.

PremiumFranceses investem até 45 milhões de euros no Barreiro

‘Ja-Ba’ (Jardim Barreiro) está a cargo da dupla de promotores Maxime Tellier e Renauld de L’Hermite, que está presente em Portugal desde o ano de 2014. “O nosso objetivo é muito claro. Fazer um projeto para os portugueses”, assumem.

PremiumOaktree, Cerberus e Vanguard na corrida à VIC Properties

A Alantra vai receber esta sexta-feira as propostas não vinculativas para a compra dos ativos da VIC Properties. A Vanguard deverá avançar para o Pinheirinho. Oaktree e Cerberus entre os interessados.
Comentários