Preços na produção industrial sobem 16,2% em outubro

A evolução homóloga do índice deveu-se em grande parte a uma queda de 13,2 pontos percentuais (p.p.) no agrupamento de energia, no qual se observou um crescimento de 21,7% em outubro.

O índice de preços na produção industrial registou um crescimento de 16,2% em outubro, face ao mês homólogo (19,7% em setembro). Verificou-se uma desaceleração nos preços da energia e, excluindo este agrupamento, os preços na produção industrial aumentaram 14,6% (15,5% no mês anterior), de acordo com os dados do INE.

A evolução homóloga do índice deveu-se em grande parte a uma queda de 13,2 pontos percentuais (p.p.) no agrupamento de energia, no qual se observou, porém, um crescimento de 21,7% em outubro. Todos os agrupamentos apresentaram variações positivas, mas só o dos bens de consumo acelerou relativamente aos dados de setembro.

O índice da secção das indústrias transformadoras abrandou 1,6 p.p. e registou um aumento homólogo de 21,6%, com um contributo de 18,6 p.p. para o índice total. Na secção de eletricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio caíram 20,9% em comparação com outubro de 2021, gerando um contributo de -2,4 p.p. para a variação do índice.

A variação mensal do índice agregado foi de -0,4% (2,6% no mês homólogo), com o contributo mais relevante (-0,7 p.p.) a chegar do agrupamento de energia, com uma taxa de variação de -2,9%. A secção de eletricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio registou uma evolução mensal de -5,1% (13,1% em outubro de 2021), o que significou um contributo de -0,4 p.p. para a variação do índice.

 

Recomendadas

Atualização do IAS aumenta valor máximo do subsídio de desemprego em 93 euros

O valor máximo do subsídio de desemprego vai subir mais do que o previsto avançando 93 euros, para 1.201,08 euros, refletindo o aumento de 8,4% do Indexante de Apoios Sociais (IAS) em 2023.

Afinal, pensões mais baixas vão subir 4,83% em janeiro

Pensões até 961 euros vão ter aumento de 4,83%, pensões entre 961 euros e 2.883 euros vão subir 4,49% e pensões acima de 2.883 euros vão crescer 3,89%. Correção das atualização vai custar 110 milhões de euros, aos quais se somam os 1.155 milhões de euros já previstos.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários