Premier League começa esta sexta-feira. Conheça todos os números da melhor liga do mundo

O campeão Manchester City vale quase tanto como todas as equipas da Liga portuguesa, dois jogadores lusos estão no ‘top10’ dos mais caros e um português é o defesa mais valioso daquela que é considerada a melhor liga de futebol do mundo.

4 – Joao Cancelo (55 milhões de euros)

O “velhinho” Selhurst Park (com capacidade para 26.309 espectadores) recebe esta sexta-feira o dérbi londrino (Crystal Palace vs Arsenal FC às 20h00) que abre a edição 2022/23 da Premier League, considerada de forma unânime a melhor Liga de futebol a nível mundial e avaliada pelo site “Transfermarkt” em 9,19 mil milhões de euros.

De acordo com o mesmo site, a Premier League destaca-se de longe ao nível do valor da Liga quando comparada com as outras ‘Big5’: La Liga espanhola: 4,95 mil milhões; Bundesliga alemã: 4,16 mil milhões; Serie A italiana: 4,54 mil milhões e a francesa Ligue 1: 3,46 mil milhões.

São 548 jogadores distribuídos por vinte equipas dos quais 362 futebolistas são estrangeiros, uma percentagem de 66,1%. Deste universo de 362 estrangeiros, 22 são portugueses e estão espalhados por sete clubes da Premier League. Wolverhampton (nove), Manchester City (três) e Manchester United (três) asseguram grande parte deste contingente português em terras de Sua Majestade, ao qual se juntam dois treinadores: Bruno Lage (Wolves) e Marco Silva (Fulham).

Apesar de ainda faltar quase um mês para o fecho do mercado de transferências, as vinte equipas da Premier League investiram 1,2 mil milhões de euros, uma média de 63,7 milhões de euros por emblema). Caso o mercado fechasse hoje, este seria o valor mais baixo de investimento na Premier League desde a época de 2014/15. Quanto a receitas provenientes da transferência de futebolistas, as vinte equipas inglesas arrecadaram até ao momento 594 milhões de euros, uma média de 29,7 milhões de euros por equipa. Para já, o défice é de 680,8 milhões de euros.

Ao nível da avaliação de mercado de cada uma das equipas, a “viagem” dos milhões na Premier League vai dos 140,4 milhões de euros aos 1,01 mil milhões de euros. AFC Bournemouth (140,4 milhões), Nottingham Forest (158 milhões) e FC Fulham (187,5 milhões) são as únicas três equipas da Premier League com um valor de mercado global abaixo dos 200 milhões de euros.

Entre a fasquia dos 200 milhões de euros e os 300 milhões estão: FC Southampton (273,25 milhões), Crystal Palace FC (274,80 milhões), Brighton Albion (274,90 milhões), Brentford (278,45 milhões) e Leeds United (278,80 milhões.

No patamar seguinte, surgem Newcastle United (333,60 milhões), Wolverhampton Wanderers (335,95 milhões), West Ham United (379 milhões) e FC Everton (380,70 milhões). Aston Villa FC (502,10 milhões) e Leicester City (511,50 milhões) surgem na lista antes dos famosos ‘Big6’.

O campeão Manchester City é a equipa mais valiosa da Premier League (avaliada em 1,01 mil milhões de euros, quase tanto como toda a Liga portuguesa), seguido do FC Liverpool (870 milhões), Chelsea FC (840,70 milhões), Tottenham Hotspur (749,30 milhões), Manchester United (708,80 milhões) e FC Arsenal (697,70 milhões).

No que diz respeito ‘top10’ dos jogadores mais valiosos, há um reforço a liderar de forma destacada: Erling Haaland, ponta-de-lança do Manchester City, avaliado em 150 milhões. Nesta lista constam dois jogadores portugueses: Bruno Fernandes (sexto mais valioso e avaliado em 85 milhões) e Bernardo Silva (oitavo mais valioso com um valor de mercado de 80 milhões). Destaque para Ruben Dias (75 milhões): é o 13º jogador com a melhor avaliação de mercado e o mais caro defesa central da Premier League.

Recomendadas

Atlético de Madrid contrata novo craque, mas não é para jogar à defesa

Luva de Pedreiro, nome artístico de Iran Ferreira, ganhou fama nas redes sociais ao partilhar vídeos onde mostra as suas capacidades com a bola de futebol nos pés.

O modelo de negócio para o futebol do empresário americano que esteve interessado no Benfica

John Textor apresenta um modelo que poderá permitir baixar os custos com transferências e contratos dos atletas, na procura de fazer frente aos clubes mais ricos. O empresário presente nos campeonatos de Inglaterra, Brasil e Bélgica e agora parece próximo de chegar à liga francesa.

Liga Portugal lança campanha contra o ódio no futebol

“Mais Futebol, Menos Ódio” é o nome da nova campanha de sensibilização sobre as manifestações de ódio aos intervenientes do jogo. Será notória ao longo de toda a segunda jornada das competições profissionais.
Comentários