Prémio Europeu do Inventor 2022: Engenheiros portugueses entre os finalistas. Conheça os projetos e veja como pode votar

Nuno Correia e Carla Gomes estão entre os finalistas do Prémio Europeu do Inventor 2022, promovido pelo Instituto Europeu de Patentes. A nomeação portuguesas deve-se à invenção de centrais solares flutuantes que seguem o sol através da rotação e inclinação da ilha onde se encontram os seus painéis fotovoltaicos. O anúncio dos vencedores será feito em Munique, Alemanha, a 21 de junho.

Os engenheiros portugueses Nuno Correia e Carla Gomes disputam o Prémio Europeu do Inventor 2022 pela invenção de centrais solares flutuantes que seguem o sol através da rotação e inclinação da ilha onde se encontram os seus painéis fotovoltaicos, maximizando assim a energia solar captada.

Os vencedores do prémio anual de inovação do Instituto Europeu de Patentes serão revelados numa cerimónia a realizar esta terça-feira, 21 de junho de 2022 às 11h00 horas de Lisboa. Até lá o público é convidado a votar no seu inventor preferido de entre os 13 finalistas deste ano. A votação pode ser feita online – um voto por dia – até à cerimónia em popular-prize.epo.org. O vencedor é o que reúne maior número de votos do público e será anunciado durante a cerimónia.

O Prémio Europeu do Inventor 2022 celebra os inventores por detrás das invenções que estão a ajudar a resolver alguns dos maiores problemas dos nossos dias, numa escala global. As invenções desenvolvidas pelos finalistas deste ano vão desde a tecnologia espacial para aumentar a fiabilidade das previsões das alterações climáticas até um novo tipo de máquina de mamografia que dá às pessoas uma maior probabilidade de sobreviverem ao cancro da mama.

Os vencedores selecionados pelo júri serão anunciados nas seguintes categorias: Indústria, Investigação, PMEs e Países não-europeus. Na cerimónia será também atribuído o Prémio de Carreira a um inventor com uma extraordinária carreira e história de vida, que deu um contributo notável para a sua área e que salvou inúmeras vidas. Para além disso, será atribuído o Prémio do Público ao inventor que receber mais votos do público.

A cerimónia deste ano inclui a primeira atribuição de sempre do Prémio Jovens Inventores, lançado pelo Instituto Europeu de Patentes para reconhecer inovações revolucionárias de pessoas com 30 anos ou menos. Três jovens inovadores competem pelo primeiro, segundo e terceiro lugares, com prémios em dinheiro de 20 000 euros, 10 mil euros e 5 mil, respetivamente.

 

Os 13 finalistas nas quatro categorias 

Indústria. Os engenheiros alemães Frank Herre, Hans-Georg Fritz, Timo Beyl, Marcus Kleiner e Benjamin Wöhr criaram um sistema revolucionário de pintura automóvel que não desperdiça uma gota de tinta. Os cientistas estónios Jaan Leis, Mati Arulepp e Anti Perkson desenvolveram materiais superiores à base de carbono que permitem aos ultracapacitadores um rápido carregamento e libertação de energia. O engenheiro aeronáutico francês Frédérick Pasternak está a desvendar uma nova geração de previsões meteorológicas e modelos climáticos através de um instrumento meteorológico por satélite.

Investigação. A investigadora espanhola Elena García Armada inventou o primeiro exoesqueleto robótico adaptável do mundo, para crianças que utilizam cadeiras de rodas. O químico francês Claude Grison utiliza plantas para extrair elementos metálicos de solos poluídos em redor de locais de mineração e depois reutiliza estes metais como catalisadores em reacções químicas. A equipa de investigação belga Johan Martens, Tom Bosserez e Jan Rongé inventou um painel solar que produz hidrogénio verde a partir da luz solar e do ar.

Países não-europeus. O químico américo-canadiano Donald Sadoway desenvolveu baterias de metal líquido para armazenamento de energia renovável em larga escala. Os cientistas israelitas Ido Sella e o falecido Shimrit Perkol-Finkel inventaram uma tecnologia de betão para encorajar a biodiversidade marinha em torno de infra-estruturas como os muros marítimos. Os investigadores suíço-chineses Marco Stampanoni, Zhentian Wang e a sua equipa desenvolveram imagens de raio-x por contraste de fase para a despistagem precoce do cancro da mama com níveis seguros de radiação.

Pequenas e Médias Empresa (PMEs). Os engenheiros portugueses Nuno Correia, Carla Gomes e a sua equipa criaram um sistema de tração para centrais fotovoltaicas flutuantes que seguem o sol. Os cientistas franco-suíços Madiha Derouazi, Elodie Belnoue e a sua equipa criaram um novo tipo de plataforma de vacinas terapêuticas para tratar o cancro, ajudando o sistema imunitário a reconhecer e destruir as células cancerígenas. Os investigadores hispânico-indonésios Nuria Espallargas e Fahmi Mubarok desenvolveram revestimentos cerâmicos por pulverização, para melhor proteger os componentes industriais contra o desgaste. O empresário alemão Joachim Fiedler inventou uma série de fechos divertidos e fortes para libertação rápida, que se encontram agora em dezenas de produtos do dia-a-dia, desde capacetes de bicicleta a assentos de automóvel.

Prémio Consagração de Carreira. Será revelado durante o evento.

Prémio Jovens Inventores A inovadora brasileira Rafaella de Bona Gonçalves desenvolveu pensos e tampões higiénicos biodegradáveis para grupos desfavorecidos no seu país, utilizando resíduos de colheitas facilmente disponíveis. Os empresários belga e britânico Victor Dewulf e Peter Hedley desenvolveram um sistema de reconhecimento e triagem de resíduos orientado por IA que as instalações de tratamento de resíduos podem utilizar para uma triagem rápida e precisa dos resíduos, assegurando que uma maior quantidade de resíduos são reciclados. A cientista americana Erin Smith desenvolveu uma aplicação alimentada por IA que utiliza vídeo para permitir a deteção precoce da doença de Parkinson, o que poderia ajudar a retardar o desenvolvimento da doença.

Recomendadas

Autoridades realizam buscas em empresa de Mário Ferreira

As buscas estão a ser avançadas pela “RTP”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Mário Ferreira diz que empréstimo do Banco de Fomento à Pluris tem juro até 9,5%

O Banco Português do Fomento (BPF) aprovou a candidatura de 12 empresas ao Programa de Recapitalização Estratégica do Fundo de Capitalização e Resiliência (FdCR) no valor de 76,7 milhões de euros. Dos quase 77 milhões de euros, 40 milhões foram aprovados para a Pluris. 
Comentários