Prémio Inovação Ageas Seguros 2016 quase a chegar ao fim

Já foram apurados os 12 finalistas que vão passar à segunda fase. O próximo desafio é desenvolver, em detalhe, os seus projetos até meados de fevereiro.

A notável adesão de candidaturas para uma primeira edição confirma a aposta da Ageas Seguros, grupo segurador internacional, num formato distinto de Prémio, dirigido a universitários e apostando em ideias ainda na sua fase de conceção.

As candidaturas chegaram de todos os pontos do país: Lisboa com 41% das candidaturas, Porto com 21% e Coimbra com 18%, mas foram recebidas candidaturas de todos os principais polos universitários nacionais, sendo 35% dos candidatos alunos de mestrado.

O desafio é desenvolver ideias e soluções na área da saúde, bem-estar ou qualidade de vida, e o Prémio Inovação Ageas Seguros 2016 – Novo Mundo visa dar a oportunidade a que novos olhares sobre o mundo e a sociedade possam resultar numa melhoria efetiva do bem-estar e qualidade de vida comum.

Com o lançamento deste Prémio, o grupo segurador internacional quis ir além da simples atividade económica e participar efetivamente no desenvolvimento de uma sociedade mais próxima das aspirações de consumidores, clientes e público em geral, materializando estas preocupações em ações reais, inclusivas e com vista a melhorar o futuro de todos.

O Prémio irá encerrar com uma cerimónia, no dia 10 de março do próximo ano, onde serão conhecidos e premiados os vencedores.

Recomendadas

Startup de Braga cria dispositivo que permite testar sangue em três minutos

A solução desenvolvida pela CRIAM é portátil e “80% mais barata que os equipamentos convencionais”. A startup diz que reduz o erro humano e a dependência de reservas de sangue e que é aplicável em situações de emergência.

Pampilhosa da Serra vai construir edifício destinado a ‘startups’ na área espacial

A Câmara Municipal da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, vai construir um edifício, orçado em dois milhões de euros, para fixar ‘startups’ na área das ciências espaciais.

Fundo dos CTT participa em investimento de 5,2 milhões da startup luso-americana Habit

O fundo de 5 milhões de euros TechTree, lançado pelo operador postal, investiu na ronda da Habit, depois de ter apostado nas empresas Kit-AR e na Sensefinity, ligadas à Realidade Aumentada e sensorização logística.
Comentários