Presidente da Câmara do Funchal diz que muitas das promessas feitas estão a ser concretizadas

O presidente da autarquia referiu que mais do que “prometer e falar, aquilo que a polução tem que sentir é a materialização dos projetos que nós nos comprometemos a fazer”.

O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado, diz que muitas das promessas que foram feitas estão a ser concretizadas pela coligação PSD/CDS-PP.

“Nós ainda não temos um ano de mandato e já estamos a materializar muitas das promessas que foram feitas. Mais do que prometer e falar, aquilo que a polução tem que sentir é a materialização dos projetos que nós nos comprometemos a fazer, e está aqui um projeto tão simples e tão prático que quando se toma conhecimento a primeira coisa que nos passa pela cabeça é como é que isto nunca foi feito?”, referiu Pedro Calado, durante a apresentação do projeto de Preparação Individualizada de Medicação, concretizado pela junta de freguesia de São Martinho, em parceria com a Farmácia da Nazaré e o Governo Regional da Madeira.

A Preparação Individualizada da Medicação consiste na preparação e organização dos medicamentos, através de um sistema robotizado e pretende contribuir para a redução de erros de administração da medicação prescrita. Para ter acesso a esta medida as pessoas devem dirigir-se à Junta de Freguesia de São Martinho, fazendo-se acompanhar de uma declaração médica que ateste a sua situação de doente crónico.

O presidente da Câmara do Funchal elogiou o “trabalho de proximidade” que está a ser realizado pela Junta de Freguesia de São Martinho, que considera estar “forte e coesa” no terreno para ajudar a encontrar soluções. “É assim que nós temos que estar com a população de forma muito pragmática, direta e objetiva. As pessoas têm que sentir no seu dia a dia que marcamos a diferença pela qualidade estando junto da população”, disse Pedro Calado.

O autarca sublinhou que o grande objetivo passa por daqui a quatro anos “fazer com que as pessoas continuem acreditar no projeto ‘Funchal Sempre à Frente’ e sobretudo que acreditem que é muito melhor termos as instituições a trabalharem em conjunto (Câmara, Junta de Freguesia, Governo Regional), para melhorar a qualidade de vida da população, do que termos ‘um muro de Berlim’ entre o Largo do Colégio e a Avenida Zarco. Esse muro já foi quebrado, já não há distanciamentos e estamos agora a remar todos para o mesmo sentido”.

Recomendadas

Presidente da Câmara do Funchal quer canalizar apoios para quem mais precisa e abranger mais pessoas

O autarca acrescentou “que mais importante do que dar o peixe é ensinar a pescar”, o que “obriga-nos a dar condições às pessoas para produzirem mais e melhor, e sermos mais justos com quem realmente precisa”.

Madeira: PTP expressa preocupação com programa de recuperação de cirurgias

O partido defende a alocação de mais recursos para os programas de recuperação de cirurgias, e considera que este deveria ser “eficiente e servir os seus objetivos de recuperação e não contribuir para agravar e desestabilizar o que está funcionando bem na saúde”.

Gasolina e gasóleo descem oito e nove cêntimos na Madeira (com áudio)

A gasolina passa dos 1,729 para os 1,648 euros por litro, e o gasóleo passa dos 1,708 para os 1,613 euros por litro.
Comentários