Presidente da República lamenta a morte do empresário Salvador Guedes

Salvador da Cunha Guedes esteve mais de 30 anos na Sogrape, tendo sido responsável pela internacionalização da empresa. Morreu esta sexta-feira, aos 64 anos.

Sogrape

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou esta sexta-feira a morte do antigo presidente da Sogrape e fundador da Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica, Salvador Guedes, assinalando a sua vida de coragem dedicada a causas.

Salvador da Cunha Guedes dedicou a sua vida a causas, numa primeira etapa empresarial à causa familiar do vinho, presidindo e desenvolvendo a Sogrape, e numa segunda etapa, à causa da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), fundando a Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica”, lê-se numa mensagem publicada no sítio da internet da Presidência da República. Salvador Guedes, ex-presidente da Sogrape Vinhos, morreu esta sexta-feira. Tinha 64 anos.

Na mensagem, em que lamenta a morte de Salvador Guedes e apresenta à família as suas mais sentidas condolências, Marcelo Rebelo de Sousa sublinha que o empresário “empenhou a sua coragem e a força do caráter ao serviço dos outros”.

“E por esse facto foi condecorado pelo Presidente da República com o grau de comendador da Ordem do Mérito em 3 de outubro de 2016”, refere-se na nota.

Na ocasião da sua condecoração, o Presidente da República afirmou que “Salvador Guedes foi sempre e continua a ser denodadamente um combatente solidário, empenhado em criar pontos de encontro, estruturas de convergência, traços de comunhão de vida com aqueles companheiros de jornada. Sempre chamando tantos outros para a faina comum”.

Salvador da Cunha Guedes esteve mais de 30 anos na Sogrape, tendo sido responsável pela internacionalização da empresa, “já que ao longo da sua liderança o grupo cresceu exponencialmente, tornando-se verdadeiramente global”, lê-se no sítio da internet do grupo empresarial.

Recomendadas

Trabalhadores da Autoeuropa rejeitam pré-acordo laboral que previa aumento de 5,2%

Dos mais de cinco mil trabalhadores da fábrica de automóveis da Volkswagen, em Palmela, no distrito de Setúbal, só 3.865 exercerem o direito de voto, 2.007 dos quais votaram contra o pré-acordo e 1.826 a favor. Houve ainda 10 votos nulos e 22 brancos.

Governo apela a entendimento entre sindicato e administração da TAP para evitar greves

“O apelo que posso fazer é para que a administração, mas também o sindicato faça um esforço de entendimento e que se consiga poupar a TAP a mais cinco dias de greve”, afirmou Pedro Nuno Santos.

Datalex prevê levar software para advogados a Espanha e Brasil no próximo ano

O diretor da startup portuguesa Datalex disse ao Jornal Económico que a internacionalização passará por parcerias estratégicas. A empresa de tecnologia para juristas renovou recentemente a imagem de marca para apostar noutros mercados e prevê fechar 2022 com uma subida de até 62% na faturação.
Comentários