Presidente mantém passagem do ano na ilha do Corvo apesar do mau tempo

“Neste momento não há nenhuma alteração de planos, mantendo-se o programa conforme previsto”, afirmou fonte da Presidência da República à Lusa.

O Presidente da República mantém os planos para fazer a passagem de ano na ilha do Corvo, nos Açores, apesar do alerta de mau tempo, com chuva e vento, para terça-feira, disse à Lusa fonte da Presidência.

“Neste momento não há nenhuma alteração de planos, mantendo-se o programa conforme previsto”, afirmou fonte da Presidência da República à Lusa.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê mau tempo nos Açores no fim do ano devido à passagem de uma superfície frontal fria.

Num comunicado divulgado, o IPMA disse que está previsto para terça-feira, nas ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo), muita nebulosidade e períodos de chuva, com o vento a soprar com rajadas até 100 quilómetros por hora.

É precisamente na ilha do Corvo que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pretende estar na noite da passagem do ano e fazer a tradicional mensagem de Ano Novo, no dia 1 de janeiro, na quarta-feira.

Recomendadas

Santos Silva nega problema com o Qatar e assegura tranquilidade aos emigrantes (com áudio)

O presidente da Assembleia da República (AR), Augusto Santos Silva, assegurou hoje que não há qualquer problema de relacionamento entre Portugal e o Qatar, e salientou que todos os portugueses residentes naquele país asiático “podem estar tranquilos”.

Sindicatos dos médicos e Ministério da Saúde voltam hoje às negociações (com áudio)

Sindicatos dos médicos e Ministério da Saúde voltam hoje a reunir-se para uma segunda ronda de negociações, depois do encontro realizado em 09 de novembro que deu início formal a este processo.

Raimundo reafirma PCP como partido dos trabalhadores e de protesto que não está parado no tempo

Paulo Raimundo falava no final de um almoço/comício da campanha “Faz das injustiças força para lutar! – mais salários e pensões, saúde e habitação”, que reuniu cerca de 300 pessoas no Centro Recreativo e Cultural do Boquilobo, no concelho de Torres Novas, no distrito de Santarém.
Comentários