Presidente moçambicano visita Portugal entre sexta e domingo

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, realiza uma visita de trabalho a Portugal entre sexta-feira e domingo a convite de Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou hoje a presidência em Maputo.

EPA/ANTONIO SILVA

Os dois chefes de Estado vão abordar o treino de forças especiais para combate em Cabo Delgado, cuja missão da União Europeia (UE) tem sido liderada por Portugal, refere-se em comunicado.

A agenda inclui ainda iniciativas em busca de “novas oportunidades de cooperação nos setores da agricultura, turismo e trabalho”, acrescenta.

Filipe Nyusi vai, igualmente, manter conversações oficiais com o primeiro-ministro, António Costa, e dirigir uma mesa-redonda sobre agronegócios e turismo.

O estadista moçambicano será igualmente convidado de honra na inauguração do hotel Montebelo Mosteiro de Alcobaça, do grupo Visabeira, que detém unidades hoteleiras em Moçambique.

Nyusi segue para Portugal após uma visita à Finlândia e será acompanhado por quatro ministros com as pastas dos Negócios Estrangeiros, Agricultura, Justiça e Turismo.

A visita acontece dois meses e meio depois de António Costa ter liderado uma comitiva portuguesa que viajou a Maputo para a V Cimeira entre os dois países, acolhida por Filipe Nyusi.

Recomendadas

Governo italiano aprova envio de armas à Ucrânia para todo o ano de 2023

O Governo italiano aprovou um decreto prolongando o fornecimento de ajuda, incluindo armamento, à Ucrânia para todo o ano de 2023.

PremiumUcrânia à espera do inverno e dos mísseis norte-americanos Patriot

A NATO não parece disposta a enviar os mísseis para a Ucrânia, e a Rússia já avisou que, se isso acontecer, tirará as devidas ilações.

PremiumProtestos na China “não têm dimensão de revolta política”

Os protestos face à política Covid zero na China chegaram a assumir alguma violência, mas os analistas não conseguem descobrir em Guangzhou qualquer sintoma da morte iminente do regime de Xi Jinping. ANATO manteve um olhar atento ao país asiático.
Comentários