Prestação da casa paga ao banco desce em dezembro

A prestação paga ao banco pelos clientes com crédito à habitação indexado à Euribor a seis meses desceu novamente em dezembro, face à última revisão, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos para a Lusa.

No caso de um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses com um ‘spread’ (margem de lucro do banco) de 1%, este pagará a partir deste mês de dezembro 459,59 euros, o que significa menos 6,71 euros face à última revisão da prestação, em junho.

Mas há um crescimento do valor a pagar, ainda que reduzido, no caso de um empréstimo nas mesmas condições mas indexado à Euribor a três meses.

Neste caso, num crédito nas mesmas condições, o cliente passará a pagar 455,33 euros, mais 47 cêntimos do que o pago desde setembro.

As taxas Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A Euribor a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses.

As taxas de juro continuam em terreno negativo. Em novembro, a média da taxa Euribor a seis meses foi de -0,337%, um novo mínimo histórico, e a média da taxa a três meses de -0,401%.

Recomendadas

PremiumLeia aqui o Jornal Económico desta semana

Esta sexta-feira está nas bancas de todo o país a edição semanal do Jornal Económico. Leia tudo na plataforma JE Leitor. Aproveite as nossas ofertas para assinar o JE e apoie o jornalismo independente.

Dois terços dos municípios aplicam derrama de IRC sendo 127 com taxa máxima

Dois terços dos municípios portugueses vão cobrar derrama de IRC às empresas instaladas nos seus concelhos, havendo 127 que aplicarão o valor máximo de 1,5%, segundo a tabela de taxas agora divulgada pelo fisco.

Governo aprova extinção do fundo de pensões da Caixa

A extinção do fundos de pensões da CGD já está aprovada. Os beneficiários não serão, contudo, prejudicados, já que as responsabilidades passam para a CGA.
Comentários