Prestações sociais? “Vão todas subir acima da inflação”, garante António Costa

Identificando a pandemia, a guerra e a inflação como agravantes da condição de vida no nosso país, o primeiro-ministro disse que o PS tem a urgência de estar “ao lado das famílias”.

O secretário-geral do PS, António Costa, marcou presença esta tarde no congresso federativo de Vila Real do partido.

Sem gravata, como manda a distinção entre secretário-geral do PS e primeiro-ministro, começou por dizer, em Sabrosa, que o PS tem enormes “desafios a enfrentar” ao nível nacional, municipal e das freguesias.

Referindo a pandemia, a guerra e a inflação como agravantes da condição de vida no nosso país, disse que o partido tem a urgência de estar “ao lado das famílias”, e que até agora foi possível assegurar que Portugal “continua a crescer, e mantém níveis de emprego”.

“Temos que, agora, evitar a escalada dos preços e temos de agir para proteger os rendimentos das famílias e condições de funcionamento das empresas”, disse, referindo o acordo plurianual assinado em sede de concertação social.

António Costa referiu ainda que esse acordo garante que “os salário não perdem poder de compra, recuperam-no”, e que no quadro da legislatura cumpre-se o objetivo proposto na data das eleições: “nestes quatro anos, a riqueza nacional é mais justamente distribuída e o peso dos salários vai convergir com a média europeia, e vai subir de 45 para 48%. E isso não vai acontecer este ano, mas vai acontecer ao longo da legislatura”.

O secretário-geral do PS falou ainda sobre as pensões e prestações sociais, garantindo que estas “vão todas subir acima da inflação”.

Já no que diz respeito às pensões, “entre o aumento extraordinário que teve lugar em outubro e o aumento anual de janeiro”, António Costa garantiu “que todos os pensionistas até ao final de 2023 terão não só a pensão a que têm direito, como terão um aumento em linha com a inflação”, disse.

António Costa frisou que apesar da maioria absoluta, o partido está sempre disponível para dialogar, exemplificando as negociações com os municípios ou com o PSD, no que concerne ao tema do aeroporto de Lisboa.

António Costa está, ao longo desta sábado, numa volta pelo país, durante a qual vai participar em vários congressos federativos do partido socialista.

Recomendadas

PremiumEmpresários pedem “velocidade” nos dossiers da economia e turismo

Confederações de empresários da indústria e de turismo agradecem aos secretários de Estado demissionários e esperam que os novos continuem o trabalho já realizado, concretizando planos anunciados.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

PremiumNómadas digitais “contribuem para a descentralização”

Não têm uma casa permanente, mas comunidades nas quais passam temporadas a trabalhar remotamente: os nómadas digitais têm Portugal na mira, e prometem dinamizar a economia.
Comentários