“Previsão de faturação para 2021 é de 10 milhões de euros”, revela managing partner e sócio da PRA

A propósito do volume de faturação da PRA – Raposo, Sá Miranda & Associados, o advogado Miguel Miranda, managing partner e sócio da PRA – Raposo, Sá Miranda & Associados, revelou a previsão: “Temos neste momento uma previsão de faturação para 2021 na casa dos 10 milhões de euros, sendo que essa faturação está repartida por áreas de forma bastante coerente”.

São vários os desafios que se colocam às sociedades de advogados em 2022. O advogado Miguel Miranda, managing partner e sócio da PRA – Raposo, Sá Miranda & Associados, aborda nesta entrevista a Mariana Bandeira, jornalista do JE, temas como as mudanças no mecanismo de ‘governance’ desta sociedade de advogados, a proximidade geográfica como trunfo e as vantagens e desvantagens da multidisciplinariedade.

A propósito do volume de faturação da PRA – Raposo, Sá Miranda & Associados, o advogado Miguel Miranda, managing partner e sócio da PRA – Raposo, Sá Miranda & Associados, revelou a previsão: “Temos neste momento uma previsão de faturação para 2021 na casa dos 10 milhões de euros, sendo que essa faturação está repartida por áreas de forma bastante coerente”.

O mundo da advocacia está em destaque no programa “Falar Direito”, programa semanal da plataforma multimédia JE TV, que conta também com uma versão em podcast, com apresentação de Filipe Alves e Mariana Bandeira.

Relacionadas

Governance, internacionalização e multidisciplinaridade. Veja o “Falar Direito” com o advogado Miguel Miranda

Governance da PRA, internacionalização, desafios tecnológicos e multidisciplinariedade foram temas abordados nesta edição do programa “Falar Direito”, da plataforma multimédia JE TV. Miguel Miranda, managing partner e sócio da PRA – Raposo, Sá Miranda & Associados, aborda estes e outros temas nesta entrevista a Mariana Bandeira, jornalista do JE.
Recomendadas

Filipe de Vasconcelos Fernandes recebe Prémio António Barbosa de Melo de Estudos Parlamentares 2022 (com áudio)

Prémio é entregue esta segunda-feira, 5 de dezembro, na Universidade de Coimbra, a Filipe de Vasconcelos Fernandes, professor na Faculdade de Direito de Lisboa e advogado na VdA.

PremiumMudar modelo de negócio é uma opção para enfrentar “a maré de incertezas”

Empresas que não entendam o cenário macroeconómico enfrentam um futuro sombrio, alerta o CEO da DFK International. Consultoras “devem somar serviços”, diz em entrevista ao JE.

“Falar Direito”. “Renegociação? Medida deveria abranger outro tipo de créditos mais onerosos”

Na última edição do programa da plataforma multimédia JE TV, advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, considerou que o diploma referente à renegociação do crédito à habitação deveria ser mais abrangente, tendo em conta a contração de outros créditos mais onerosos.
Comentários