Primeira-ministra da Finlândia apanhada em discoteca depois de contacto de risco

A primeira-ministra finlandesa explicou que inicialmente acreditava de que não precisava ficar em isolamento porque tinha o esquema vacinal completou e que depois não viu uma recomendação sobre precisar de permanecer em isolamento profilático.

A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, pediu desculpas, nas redes sociais, por ter estado numa discoteca depois de ter estado em contacto com um dos seus ministros que tinha testado positivo para a Covid-19.

No sábado, 4 de dezembro, Sanna Marin saiu para uma noite de diversão em Helsínquia horas depois do seu ministro dos Negócios Estrangeiros ter testado positivo.

No Facebook a primeira-ministra finlandesa explicou que inicialmente acreditava de que não precisava ficar em isolamento porque tinha o esquema vacinal completo e que depois não viu uma recomendação sobre precisar de permanecer em isolamento profilático.

“No sábado à noite, o meu secretário de estado ligou-me para o telefone do trabalho do parlamento e falou-me da infeção por Covid-19 do ministro Pekka Haavisto. Ao mesmo tempo, disse-me que não haveriam medidas especiais a aplicar”, escreveu Sanna Marin, acrescentando que não “questionou a informação” que recebeu.

Sanna Marin explicou que posteriormente recebeu “uma sms com algumas informações” onde era pedido que evitasse contactos e também que realizasse um teste à Covid-19. “Recebi essa informação no domingo e imediatamente solicitei um teste, o resultado deu negativo”, assegurou.

“No sábado à noite não tinha o telefone [para onde foi enviada a mensagem]”, justificou a primeira-ministra da Finlândia. “Lamento muito por não saber como devia ter procedido”.

Relacionadas

Finlândia quer que todos os trabalhadores saibam os salários dos colegas

Medida do governo tem como base eliminar a desigualdade de género, mas está a levantar críticas por parte dos sindicatos locais. As mulheres finlandesas ganhavam menos 17,2% do que os homens em 2020, de acordo com uma classificação de igualdade de salários da OCDE.
Recomendadas

Humanidade só se salva se defender o planeta Terra e a biodiversidade- Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou hoje que a única saída para salvar a Humanidade é “investir no planeta Terra” e deter a perda de biodiversidade.

Peru: Vice-Presidente investida como nova chefe de Estado

Dina Boluarte, anterior vice-presidente peruana, foi empossada como a nova chefe de Estado, depois de Pedro Castillo ter sido destituído pelo Congresso, acusado de tentar executar um golpe de Estado ao anunciar a dissolução daquele órgão.

Irão: Greve resulta em mais um dia de repressão de protestos estudantis

O Irão viveu mais uma jornada de greve com o comércio parcialmente fechado e manifestações de estudantes universitários contra o regime, reprimidas pelas forças de segurança.
Comentários