Primeira vacina nos EUA administrada nas próximas 24 horas

O Presidente cessante dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que a vacina da Pfizer contra a covid-19 já começou a ser distribuída por todo o país e que a primeira dose será administrada dentro de 24 horas.

O Presidente cessante dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que a vacina da Pfizer contra a covid-19 já começou a ser distribuída por todo o país e que a primeira dose será administrada dentro de 24 horas.

“Através da nossa parceria com a Fedex e a UPS, já começámos a enviar a vacina para todos os estados e códigos postais do país; a primeira vacina será administrada em menos de 24 horas”, disse o republicano num discurso na Sala Oval.

Trump fez o anúncio minutos depois de a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, em inglês), a agência que regula a comercialização de medicamentos, ter autorizado o uso de emergência da vacina da empresa farmacêutica norte-americana Pfizer e da alemã BioNTech para prevenir a covid-19, na noite de sexta-feira

Relacionadas

Joe Biden quer vacinar 100 milhões de norte-americanos em 100 dias

Joe Biden não promete o fim da pandemia, mas acredita que o seu plano vai mitigar o crescimento dos casos nos EUA.

EUA preparam campanha de vacinação no dia em que regista mais de três mil óbitos, o maior valor desde o início da pandemia

Também o número de doentes internados atingiu o valor mais elevado de sempre, com 106.217 doentes internados, revelando um aumento de 18% em comparação com as duas semanas anteriores.
Recomendadas

Europa poderá enfrentar um apagão da rede móvel neste inverno

Várias autoridades do sector de telecomunicações receiam que um inverno rigoroso, aliado às ameaças vindas da Federação Russa, coloque a infraestrutura de telecomunicações da Europa numa situação debilitante, até porque geralmente os países europeus não possuem geradores com capacidade para fazer backup de energia por períodos mais longos.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

EUA confirmam recuo de 0,6% do PIB no segundo trimestre

O Departamento do Comércio confirmou hoje que a economia norte-americana caiu 0,6%, em ritmo anualizado, no segundo trimestre deste ano, na terceira e última estimativa sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB).
Comentários