Primeiro-ministro espanhol testou positivo à Covid-19

Sánchez não disse se estava a sentir-se doente ou se iria cancelar outros compromissos na próxima semana.

O Primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, disse ter dado positivo no teste à covid-19 e que cancelou o evento que tinha previsto para hoje.

O líder do partido socialista espanhol e do Governo de coligação do país disse numa publicação no Twitter que estava a cancelar a sua presença num evento socialista previsto para hoje para assinalar o início da nova temporada política depois das férias de verão.

Sánchez não disse se estava a sentir-se doente ou se iria cancelar outros compromissos na próxima semana.

“Vou continuar a trabalhar, tomando todas as precauções”, disse.

Sánchez participou na semana passada na Assembleia-Geral das Nações Unidas em Nova Iorque e regressou a Espanha para um evento oficial na sexta-feira.

Recomendadas

Proposta do Chega para criar comissão de inquérito à gestão da pandemia será chumbada (com áudio)

Instrumentalização e banalização de comissões parlamentares de inquérito, esbanjamento de recursos, descredibilização de consensos e criação de ‘soundbite’ são as acusações dirigidas por PS, PAN e Livre ao Chega. Desde o início da legislatura, o partido já propôs cinco comissões parlamentares de inquérito, todas rejeitadas. O dia de hoje contribuirá para a tendência.

Pequim admite que Ómicron é menos virulenta e sugere fim de ‘zero covid’

A vice-primeira-ministra chinesa encarregue de supervisionar as políticas de prevenção epidémica reconheceu hoje que o país se encontra numa “situação nova” e que a virulência da covid-19 “está a enfraquecer”, sinalizando o fim da estratégia ‘zero casos’.

Covid-19: “Casa aberta” disponível para vacinação de pessoas acima dos 60 anos

As pessoas com 60 ou mais anos podem, a partir de hoje, tomar a dose de reforço da vacina contra a covid-19 e a vacina da gripe na modalidade de “casa aberta”.
Comentários