Pro-Drone premiada pelo Novo Banco

O projeto de inspeção de turbinas eólicas com ‘drones’ foi o vencedor da 12ª edição do Concurso Nacional de Inovação, promovido pelo Novo Banco.

Cristina Bernardo

O setor energético recebeu esta segunda-feira um novo impulso, com a distinção do Pro-Drone pelo Novo Banco. Numa cerimónia presidida por António Ramalho, o projeto recebeu o grande prémio do 12º Concurso Nacional de Inovação.

O Pro-Drone pretende revolucionar o ramo através de inspeções das pás de turbinas eólicas com ‘drones’. A solução é inovadora porque torna o processo de avaliação das turbinas mais rápido e mais económico, quando comparado com os métodos atuais. Através do controlo de ‘drones’ e do processamento de dados na cloud, a Pro-Drone posiciona-se corretamente e torna a inspeção mais eficaz.

Os prémios não se ficaram por aqui: o “Uromonitor”, um ensaio que permite detetar mutações genéticas do cancro da bexiga, recebeu a estatueta na categoria de “Saúde” e, na área de “Tecnologia de Informação e Serviços”, a plataforma web Hopi foi aquela que mereceu distinção. Aplicado à medicina veterinária, o Hopi agiliza o processo de internamento dos animais.

No encontro, que se realizou no Espaço Novo Banco, esteve ainda presente o secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, a quem coube o discurso de encerramento. O governante congratulou os vencedores e participantes e aproveitou a ocasião para destacar a importância da green economy.

A iniciativa, cujo objetivo principal é premiar projetos inovadores investigação e contribuir para uma economia mais competitiva, já atribuiu 3.340 milhões de euros nas doze edições. A estrutura dos prémios é composta pelo seu valor pecuniário, no valor de 15 mil euros e o financiamento da patente, que arrecada dez mil euros. O vencedor do concurso junta à fasquia um prémio de mais 15 mil euros.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

BdP aponta a crescimento de 6,7% e inflação de 7,8% este ano

As atualizações de outubro das projeções macro do banco central mostram revisões em alta em relação aos 6,3% de crescimento e 5,9% de inflação projetados em junho, com o consumo privado e o turismo a apoiarem a recuperação.

Vendas a retalho caem 0,3% na zona euro e 0,2% na UE em agosto

Comparativamente com o mês de agosto do ano passado, registaram-se quedas mais acentuadas, na ordem dos 2,0% e 1,3% respetivamente, de acordo com o Eurostat. Em Portugal, porém, a evolução foi positiva, quer face a julho do presente ano, quer face a agosto de 2021.
Comentários