Professores dos colégios de Educação Especial em greve a 2 e 3 de dezembro

Em causa está o atraso no pagamento dos salários. Haverá docentes cujo último ordenado que receberam foi em outubro, segundo a Fenprof.

Manuel de Almeida / Lusa

Os professores dos colégios de Educação Especial vão fazer greve no início da próxima semana, entre os dias 2 e 3 de dezembro, porque estão a trabalhar sem receber, segundo a Federação Nacional dos Professores (Fenprof).

A federação que representa os docentes disse esta sexta-feira que o atraso tem sido justificado pelas direções dos colégios com facto de o Ministério da Educação “ainda não ter transferido qualquer verba, como era sua obrigação e preveem os contratos estabelecidos com estes colégios”. Haverá docentes cujo último ordenado que receberam foi em outubro.

“Os alunos que frequentam estes colégios são oriundos de escolas públicas e só por proposta destas, face à impossibilidade de resposta às necessidades especiais dos alunos, eles podem, transitória ou permanentemente, frequentar os colégios, o que torna ainda mais forte a obrigação do Estado português em relação ao financiamento sem atraso”, critica a federação, em comunicado.

Na manhã de segunda-feira, a Fenprof estará num desses colégios (Externato Alfred Binet) representada pelo seu secretário-geral, Mário Nogueira, e pela coordenadora nacional do departamento de Ensino Particular e Cooperativo, Graça Sousa.

Recomendadas

Respostas Rápidas: como deve investir a pensar na reforma?

Com uma estrutura demográfica cada vez mais envelhecida, as dúvidas em torno da sustentabilidade da Segurança Social no médio-prazo reforçam o papel da poupança privada no rendimento dos portugueses em reforma, pelo que importa compreender os vários instrumentos financeiros ao seu dispor.

Respostas rápidas: é assim que pode ir para a reforma antes dos 66 anos e sete meses

Não tem 66 anos e sete meses, mas quer ir para a reforma? Há vários regimes que permitem a antecipação da pensão de velhice. O Jornal Económico explica, com base num guia do ComparaJá.

Respostas Rápidas: como pode aceder ao complemento solidário para idosos ou outras pensões?

A propósito do Dia Internacional do Idoso e dado o envelhecimento cada vez maior da sociedade portuguesa, importa compreender como podem os contribuintes aceder a vários apoios disponibilizados pela Segurança Social.
Comentários