Professores e funcionários das escolas vão ser testados no regresso à escola em janeiro

O Ministério da Educação anunciou que vão ser feitos testes rápidos de antigénio a quem trabalha nas escolas. Os testes serão realizados de forma faseada.

O Ministério da Educação anunciou esta quinta-feira, 23, de dezembro a testagem de trabalhadores docentes e não docentes no regresso às aulas.

“No regresso do segundo período letivo será testado todo o pessoal docente e não docente, sem prejuízo da realização futura de testes por motivo de investigação de casos, contactos e/ou surtos na comunidade escolar”, afirma a tutela em comunicado enviado às redações.

O Ministério da Educação, através da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, irá operacionalizar a medida em conformidade com as indicações dadas pela autoridade nacional de saúde.

Como em situações anteriores em que houve testagem nos estabelecimentos de educação e ensino, a realização dos testes rápidos de antigénio ocorrerá de forma faseada, prevendo-se que o procedimento esteja concluído durante as duas primeiras semanas de retoma da atividade presencial.

De acordo com o novo calendário, o regresso às escolas verifica-se na segunda-feira, 10 de janeiro de 2022.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.
2022_12_07_Prisms-HotToast

Prisms: reinvenção do ensino de matemática

A Prisms desenvolveu uma plataforma onde os alunos aprendem matemática de uma forma imersiva, utilizando uns óculos de realidade virtual.
Comentários