Profissionais de Saúde da Madeira convidados para formação na Noruega na área de gestão em catástrofe 

O curso MRMI baseia-se num modelo de simulação avançada, treinando toda a cadeia de comando para resposta a incidentes graves como incidentes multivítimas

Os enfermeiros especialistas do Serviço Regional de Saúde em Enfermagem Médico-cirúrgica, Víctor Correia e Sónia Gonçalves, com competências em Emergência Extra-Hospitalar, foram convidados, na qualidade de Instrutores do MRMI (Medical Response to Major Incidents) a participar num Curso Internacional de Instrutores e de alunos MRMI, realizado entre os dias 26 e 29 de abril, em Oslo, na Noruega.

Estes dois profissionais de saúde integram um grupo mais vasto do MIDTC, Madeira Internacional Disaster Training Center, entidade acreditada e responsável pela formação em catástrofe em Portugal, com vários cursos já ministrados.

O curso MRMI baseia-se num modelo de simulação avançada, treinando toda a cadeia de comando para resposta a incidentes graves como incidentes multivítimas: cenário do acidente, transportes, pré-hospitalar, gestão de hospitais face a um cenário de catástrofe, triagem, corredores de evacuação e estrutura da comunidade que possam ser utilizadas na resposta a um grande incidente.

Esta formação destina-se a todos os profissionais envolvidos na gestão de uma catástrofe e/ou acidente com multivítimas, desde decisores, médicos, enfermeiros, gestores, agentes da proteção civil, policias, bombeiros, jornalistas, entre outros.

Este evento internacional é da responsabilidade da European Society for Trauma & Emergency Surgery (ESTES), em parceria com o Karolinska University Hospital e o Oslo University Hospital.

Recomendadas

Universidade da Madeira acolhe evento sobre empreendedorismo no ensino superior das regiões ultraperiféricas

O projeto INCORE tem duração de dois anos e é financiado pela União Europeia, através do European Institute of Innovation & Technology (EIT), no valor de um milhão e duzentos mil euros.

Madeira soma 41 acidentes de viação numa semana

Estes acidentes resultaram em dois feridos graves, um na Ribeira Brava e outro em Santa Cruz.

Câmara do Funchal: Instalação de 15 colmeias para projeto de apicultura já recolheu 60 quilos de mel

A autarquia refere que o objetivo do projeto passa por “contribuir para o fomento da biodiversidade do Parque Ecológico, para a preservação da abelha e para a divulgação da atividade como referência para a sustentabilidade dos ecossistemas florestais”.
Comentários