PremiumPrograma Apoiar vai ser reforçado para 900 milhões

Programa vai ser alargado a empresários em nome individual sem contabilidade organizada. Apoio às rendas será lançado em janeiro.

Cristina Bernardo

Anunciou há dias novas medidas de apoio à economia, nomeadamente aos sectores mais afetados pela pandemia. Admite novas medidas, se as circunstâncias o exigirem?
Aquilo que fizemos ao longo deste ano foi precisamente ir anunciando novas medidas à medida que a situação o exigia. Quando tomamos a decisão do confinamento original estávamos no final do primeiro trimestre e sabíamos que o segundo trimestre ia ser muito intenso. Lançámos um pacote de medidas muito forte para precisamente ajudar as empresas a manterem-se em funcionamento, mesmo quando não tinham praticamente atividade nenhuma. Depois o terceiro trimestre foi um trimestre de grande crescimento, aí tivemos menos medidas.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

PremiumGoverno prepara “solução sistémica” para o pós-moratórias

Executivo prepara “solução sistémica” para empresas com dificuldade em pagar créditos após o fim das moratórias. Dívida poderá ser convertida em capital e entregue a fundos que passarão a ser acionistas, diz Siza Vieira.

PremiumSiza Vieira: “O segundo semestre de 2021 vai ser de franco crescimento”

Siza Vieira prevê início da retoma à medida que a pandemia ficar sob controlo, do segundo trimestre em diante. “A diferença é que agora já temos previsibilidade quanto ao processo de vacinação”, frisa.
Recomendadas

PremiumPutin une extremos na oposição ao Ocidente

As franjas mais extremas europeias convergem no apoio a Putin, unidas por um antiamericanismo reforçado, à esquerda, por uma orfandade do comunismo soviético e, à direita, pela admiração por um regime iliberal e autocrático.

PremiumPara saudar o regresso de um majestoso Jaen

Serve este texto para saudar a aposta de um produtor do Dão, a Caminhos Cruzados, integrada há cerca de dois anos no grupo da Quinta da Pacheca (no Douro), na comercialização de um monovarietal de uma das castas mais singulares que se produzem em Portugal: a Jaen (Mencia, em Espanha). Há quem diga que em relação à Jaen, ou se ama ou se detesta.

PremiumFada ou bruxa? Uma duquesa que incomoda muita gente

Sociopata narcisista”. Uma classificação nada abonatória, mas é assim que é descrita Meghan Markle por ex-funcionários do Palácio de Buckingham que trabalharam para os duques de Sussex, segundo o que é revelado no novo livro de Valentine Low, que escreve sobre assuntos reais para o “The Times”.
Comentários