Projeto ‘Alma Gardens’ já conta com 80% dos apartamentos reservados

Os 126 apartamentos encontram-se divididos por quatro edifícios, cada um com quatro andares. Projeto tem também uma vertente social, já que a partir de fevereiro, cada nova irá reverter com cinco mil euros a favor das Aldeias SOS.

Pouco mais de um menos depois de ter iniciado a sua comercialização, o projeto imobiliário ‘Alma Gardens’, a cargo da promotora Criterion Portugal, localizado em Miraflores, já conta com mais de 100 dos 126 apartamentos reservados e que se encontram divididos por quatro edifícios, cada um com quatro andares.

Este projeto representa um investimento de 80 milhões de euros e tem a sua conclusão prevista para o primeiro trimestre de 2025.

Comercializado em exclusivo pela Castelhana Real Estate, este empreendimento conta a partir de agora com um stand de vendas para melhor atender os seus clientes, que de resto podem pagar 80% do valor dos apartamentos no momento da escritura. Atualmente os portugueses representam 95% dos clientes compradores.

Além disso, o ‘Alma Gardens’ tem também uma vertente social, já que a partir de fevereiro, cada nova irá reverter com cinco mil euros a favor das Aldeias SOS, nomeadamente a Aldeia SOS de Bicesse e do Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental de Oeiras.

Com assinatura do gabinete do atelier de arquitetura Quadrante e pelo Arq. João Tiago Aguiar, e fica localizado entre o parque do Jamor e Monsanto.

Darija Zivni Aziz, da Criterion Portugal, considera que “a sustentabilidade é um fator-chave no projeto. Cada apartamento é projetado para ser energeticamente eficiente com bombas de calor de fonte de ar para aquecimento de águas, painéis solares térmicos comuns no telhado e com infraestruturas de carregamento para viaturas elétricas”.

Por sua vez, Patrícia Clímaco, sócia da Castelhana Real Estate, salienta que “este projeto é pensado para famílias que desejam viver perto do centro de Lisboa, rodeados de natureza e usufruir de todo o conforto e conveniência de poderem estar perto das melhores escolas, numa zona bem servida de transportes, acessos e serviços. Um produto para os clientes mais exigentes”.

Recomendadas

Mota-Engil investe 70 milhões em projeto residencial junto ao rio Douro

Situado numa encosta, o ‘Aurios’ vai ser constituído por 26 moradias e 22 apartamentos, numa área com 15.583m2, tendo a sua conclusão prevista para o primeiro trimestre de 2025.

Projeto de luxo de imobiliária portuguesa no Porto já ultrapassou 90% das vendas

‘Pure’ já conta com 31 dos 34 apartamentos vendidos e que se encontram distribuídos pelos três edifícios, sendo que 30 deles foram vendidos logo nas primeiras duas semanas.

Bolhão, teatro e um mosteiro. ‘Óscares’ do imobiliário distinguem 30 participantes em sete categorias

Num ano em que se celebram 25 anos de edição dos ‘Óscares’ do imobiliário vão estar em disputa os prémios em sete categorias: escritórios, habitação, empreendimentos colectivos, turismo, projecto de interiores, reabilitação e o prémio de excelência em eficiência e sustentabilidade.
Comentários